Marta terá estátua no Museu da Seleção Brasileira

07/10/2020 às 08h38 - FUTEBOL

A jogadora seis vezes eleita melhor do mundo (2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2018), Marta Vieira será homenageada com uma estátua ao lado de Pelé no museu da Seleção, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. A Rainha, que foi revelada no Vasco da Gama, terá sua estátua ao lado da estátua do Rei, e também de Zagallo. Além disso, a CBF estuda criar uma ala especial para o futebol feminino.

Rogério Caboclo, presidente da CBF, revelou à jornalista Renata Mendonça a realização da homenagem à Marta. Caboclo disse também estar preparando uma ala para relembrar a história e as conquistas do futebol feminino, espaço este que não há atualmente no museu. O anúncio da criação da estátua e também do novo espaço pode ser o início de uma maior valorização da modalidade, que mesmo tendo uma das melhores jogadoras da história, até então era pouco lembrada.

Marta chegou ao Vasco aos 14 anos, onde jogou as divisões de base e subiu ao profissional. Após sair do Cruzmaltino, a jogadora passou pelo Santa Cruz, Umea (Suécia), Los Angeles Sol (Estados Unidos), Santos, FC Gold Pride (Estados Unidos), New York Flash (Estados Unidos), Tyreso (Suécia), FC Rosengard (Suécia) e Orlando Pride, onde joga atualmente. Muito comparada ao Rei Pelé, a atleta também mostrou personalidade quando assumiu a camisa dez da seleção feminina. Com a camisa da amarelinha, conquistou cinco títulos, e se tornou uma das principais militantes pela igualdade de gênero no futebol.

Além da homenagem à jogadora, outra novidade é também a estátua de Zagallo. O ex-técnico da seleção fará companhia à Marta e ao Rei. As medidas, tanto do Velho Lobo, quanto da Rainha, já foram enviadas para Londres, onde as peças serão feitas. Em virtude da pandemia, a inauguração das estátuas ainda não tem data prevista.

Fonte: Papo na Colina