Martin sobre final: "Queremos a vitória, não pensamos no empate"

07/04/2018 às 14h37 - FUTEBOL

Apesar de este sábado ser a véspera de decisão do Campeonato Carioca, entre Vasco e Botafogo, no Maracanã, é apenas mais um dia para Martín Silva. O goleiro participou do último treino, em São Januário, com a presença de torcedores, e deu entrevista sobre sua expectativa para o duelo deste domingo, em que terá a chance de levantar mais uma taça com a camisa cruz-maltina.

Com sua frieza característica, Martín afirmou que não sente ansiedade antes dos jogos, e que apenas quando a bola rola é que se torna um momento especial.

- Não é minha primeira decisão. Me concentro muito em cada detalhe do jogo, mas não tenho a ansiedade dos mais novos. É mais fácil conviver com essas horas que antecedem. Mais um dia normal. Especial só quando começa o jogo - afirmou.

O Vasco tem a vantagem do empate, já que venceu o primeiro jogo por 3 a 2, mas, caso o Botafogo consiga vencer por um gol de diferença, a disputa irá para os pênaltis. Aí é com o uruguaio, que já brilhou contra o Jorge Wilstermann, na Bolívia, e foi o herói da classificação na Libertadores. Ele afirmou que no dia a dia, ao lado do preparador de goleiros Fabio Tepedino, estuda possíveis batedores para tentar alguma vantagem na hora do confronto.

- Não é diferente, sempre temos trabalhos específicos com o Tepedino para conhecer possíveis batedores. Estudamos. Não é fácil saber, mas é bom ter essa vantagem. No caso de necessidade, temos que estar prontos. Mas é uma coisa presente no dia a dia - contou.

Sobre a estratégia do Vasco para encarar o Bota, Martín afirmou que o importante é não deixar de atacar para que o rival fique incomodado e não tente fazer pressão.

- Queremos a vitória, não vamos pensando em defender empate. Igual para igual. É mais difícil para o Botafogo atacar sabendo que também vai ser atacado. Mas é importante saber quando ir para o ataque ou ficar com a posse da bola - finalizou.

Além de Paulinho, que operou o cotovelo e ficará quatro meses fora, o Vasco não poderá contar com Wellington, suspenso. Zé Ricardo não divulgou os substitutos. A final do Carioca será neste domingo, às 16h, no Maracanã.

Fonte: GloboEsporte.com

Enquete

Qual a culpa dos problemas políticos do Vasco na campanha do clube no Brasileiro?

Deixe seu comentario