Maxi López quer jogar de "qualquer jeito" nesta quarta-feira

13/11/2018 às 08h44 - FUTEBOL

A notícia para os vascaínos deve doer tanto quanto a entrada que Maxi López sofreu na derrota por 2 a 1 para o Grêmio, no último domingo (11), pelo Campeonato Brasileiro. Isso porque o argentino tem boas chances de ficar fora do duelo com o Atlético-PR, na próxima quarta-feira (14), em São Januário. Ele levou sete pontos no "peito" pé direito e está sentindo muitas dores no local, conforme apurou a reportagem do Futebolzinho apurou.


Nesta segunda-feira (12), Maxi López realizou exames no local e nenhuma lesão mais grave (como ligamentar ou óssea) foi constatada. Porém, com a ajuda de muletas para se locomover, a grande preocupação são as dores que o atacante vem sentindo. Vale destacar que a lesão é no pé, ou seja, até para colocar a chuteira o atacante teria dificuldades.

A participação de Maxi López no jogo que já tem 18 mil ingressos vendidos, marcado para as 19h30 (de Brasília), vai depender da evolução do seu quadro nos menos de dois dias que faltam para a partida.

VONTADE NÃO FALTA, MAS NÃO HAVERÁ LOUCURAS

Segundo pessoas próximas ao atacante, o argentino quer jogar "de qualquer jeito" pois está comprometido com o objetivo de livrar o Vasco do rebaixamento, mas a situação clínica não é a mais animadora e o departamento médico sabe que ainda restam cinco jogos no Brasileiro. Uma piora no corte, como uma infecção pelo esforço e contato constante, poderia prejudicar a participação do atleta na reta final.

Se jogar diante do Atlético-PR, será um ato de sacrifício do argentino que soma sete gols e cinco assistências desde que chegou a São Januário. Com 38 pontos, o Vasco é o 15º colocado do Campeonato Brasileiro e vê Maxi López como referência para se livrar do quarto rebaixamento em dez anos.

Fonte: Futebolzinho

Especulação

Especulado

Você aprova a contratação de Bruno César?

Especulações Mercado