Maxi López reforça o Vasco contra o Flu na busca pela ponta

02/02/2019 às 07h58 - FUTEBOL

Brasília -  A opção mais provável e cautelosa de iniciar o clássico com o Fluminense, neste sábado, no Mané Garrincha, com Maxi López no banco não diminui o protagonismo do camisa 11 para o Vasco. Único titular que ainda não foi visto em ação no ano, o atacante teve a pré-temporada prolongada. Não apenas para reduzir o risco de problemas físicos, mas também para potencializar o seu poder de decisão.

"Temos de ver o que o jogo pede. Se Maxi não começar jogando, e não vou falar para vocês, só vai entrar se o jogo pedir. Queria colocar Bruno César contra o Americano, mas não deu. Depende do jogo", disse Alberto Valentim.

Há seis meses no Rio, o Trator, apelido que ganhou na arquibancada, vive uma lua de mel com o torcedor, geralmente correspondida nas redes sociais. Ativo, Maxi bombou ao rebater a provocação de um rubro-negro após postar uma foto com a legenda 'piscininha, amor'.

O torcedor fez alusão ao recente corte do fornecimento de água em São Januário: 'Aproveita aí, porque no @vascodagama não tem água'. Prontamente, foi respondido: '#Nãovouterpena', frase de um torcedor vascaíno, já prevendo o confronto com o Flamengo, que virou meme.

A paixão do torcedor é reflexo do desempenho de Maxi em campo. Destaque na reta final do Brasileiro de 2018, com sete gols e seis assistências em 19 jogos, ele fez o sonhado primeiro gol no Maracanã, justamente na vitória de 1 a 0 sobre o Fluminense.

A estreia não poderia acontecer em melhor hora, com o Cruzmaltino já classificado e com 100% de aproveitamento na Taça Guanabara. Com o Trator em ação, a meta é 'passar por cima' do Tricolor e garantir a vantagem do empate na semifinal.

Fonte: O Dia