Médico quebra sigilo e fala sobre Breno

31/10/2018 às 09h23 - FUTEBOL

O sigilo em relação ao quadro clínico de Breno chegou ao fim. O zagueiro não joga mais esse ano e só deve retornar aos gramados após o Campeonato Carioca de 2019. Na última quinta-feira (25), o jogador realizou uma cirurgia no ligamento colateral lateral do joelho esquerdo. A quarta invervenção em um período de 11 meses. O responsável por esse novo procedimento cirúrgico foi o médico Rene Abdalla. Com exclusividade ao Esporte 24 Horas, Abdalla explicou os motivos para se fazer mais uma cirurgia no jogador.

“O Breno foi submetido a uma reconstrução do ligamento colateral lateral do joelho esquerdo, ligamento que fica do lado de fora da articulação. Esse ligamento sofreu um estiramento, acabou aumentando e causando uma certa incapacidade ao atleta para voltar a jogar. Em acordo com o Departamento Médico do Vasco, nós optamos em fazer a cirurgia para refazer o ligamento novamente, para estabilizar a articulação”.

Rene Abdalla afirmou que a previsão mínima de retorno é de seis meses, garantindo que após esse período, Breno vai voltar a jogar normalmente.

“O tempo mínimo é de seis meses. Ao final desse período, faremos uma grande avaliação para ver se ele volta em imediato ou se vai precisar se preparar mais um pouco. Certo é que ele vai conseguir jogar. O Breno, se tem lesões frequentes, em contra-partida, tem uma recuperação muito boa e rápida. Ele tem tudo para voltar. A receita agora é sem pressa, para quando colocá-lo no campo, não tirar mais. Essa é a ideia”.

Abdalla sobre as lesões de Breno: “Normais”

De novembro de 2017 até hoje, Breno passou por quatro cirurgias no joelho esquerdo. A primeira para corrigir um problema no menisco. A segunda, em fevereiro, uma nova artroscopia no mesmo local. As duas intervenções com o médico Rene Abdalla. Já em agosto, mais uma cirurgia, só que para corrigir uma lesão no menisco medial. Procedimento feito no próprio clube, pelo diretor médico Marcos Teixeira. Por fim, na semana passada, a quarta cirurgia no joelho esquerdo, dessa vez no ligamento colateral lateral.

Na avaliação do médico Rene Abdalla, todo esse histórico de lesões e cirurgias são comuns, principalmente para um atleta como o Breno.

“Eu acho que é bem próprio para um jogador com o empenho do Breno. Ele é um atleta que se empenha muito nos jogos. Joga duro, é vigoroso e isso obviamente exige mais das articulações, tornando-as um pouco mais suscetíveis a esse tipo de lesão. Mas acho que é normal. O atleta hoje em dia está muito sujeito a isso”.

Recuperação no Vasco e início do tratamento

Após a cirurgia, Breno já começou o tratamento. Rene Abdalla explicou os primeiros passos da fisioterapia.

“A cirurgia foi feita para que o ligamento fique bem firme, para que possa dar o movimento precoce. Então ele já começou a mexer o joelho. O Breno está em uma máquina chamada CPM (aparelho de movimento passivo contínuo) na qual regulamos o quanto ele dobre e estique o joelho. Começamos com 30 graus e para essa semana a previsão é que ele chegue a 50 graus. A ideia é ir aumentando progressivamente até dar dois meses, tempo que o atleta vai estar liberado para pisar no chão e intensificar o tratamento.

Abdalla revelou que toda a recuperação será feita com os profissionais do Vasco.

“A recuperação é com o Vasco. Não tem nenhum problema. Tenho absoluta confiança nos profissionais do clube, que eu conheço muito bem. Não há necessidade de tirá-lo da sua cidade para fazer a recuperação fora. Com certeza será muito bem recuperado no Vasco. Não tenho nenhum temor quanto a isso”.

Foto: Flicker Breno
Breno

Fonte: Esporte24Horas