Na apresentação ao Guarani, Luiz Gustavo fala sobre saída do Vasco

12/07/2019 às 08h24 - FUTEBOL

O zagueiro Luiz Gustavo foi apresentado nesta quarta-feira à tarde como novo reforço do Guarani para a sequência da temporada. No clube há dez dias, o jogador de 25 anos chega para dar experiência a um setor questionado pela torcida no primeiro semestre.

Apesar de jovem, ele viveu na pele, em 2018, como foi brigar contra o rebaixamento em praticamente todo o Campeonato Brasileiro. Luiz Gustavo ajudou o Vasco a se salvar e agora espera repetir o filme no Brinco de Ouro.

– Ano passado a gente passou boa parte lutando para escapar do rebaixamento. Chega um pouco mais cascudo, experiente, pelas coisas que passei e vivi lá. Espero estar agregando algumas coisas aos meus companheiros. A disputa vai ser sadia. Vou procurar meu espaço, trabalhando e respeitando meus companheiros e a comissão técnica – disse o defensor.

Sobre o Vasco, Luiz Gustavo também falou da perda de espaço no time titular e da necessidade de buscar outro clube por isso. O zagueiro atuou em 34 partidas em 2018, mas fez apenas sete em todo o primeiro semestre deste ano.

– No ano passado fui um dos jogadores que mais jogou no Vasco. Quando se muda o técnico, muda tudo, todos têm que começar a mostrar do zero. O Luxemburgo começou a testar, ter as opções dele. Acabei perdendo espaço. Mas vida que segue, estou com a cabeça tranquila, focada aqui no Guarani para que a gente possa começar uma retomada e conseguir o acesso.

O zagueiro está liberado para estrear no Guarani, pois foi regularizado na CBF na tarde desta quarta. Luiz Gustavo não se incomoda com a falta de ritmo, e, mesmo sem jogar há dois meses, se colocou à disposição do técnico Roberto Fonseca para esta sexta-feira. O Guarani visita o CRB, em Maceió, pela nona rodada da Série B.

– Estou à disposição. Vinha treinando, me cuidando quando estava no Vasco. O tempo que ele [Roberto Fonseca] precisar de mim eu estou à disposição. Vejo aqui como uma oportunidade para mim. Fumagalli me procurou, fiquei muito feliz por isso. Logo em seguida já aceitei a proposta, por se tratar do Guarani, um clube tradicional. Me sinto muito motivado para que a gente possa colher bons frutos a partir do próximo jogo para a frente.

Fonte: GloboEsporte.com