Nenê fala sobre recepção nada amigável da torcida do Vasco

23/11/2018 às 13h14 - FUTEBOL

Nenê foi o principal personagem do duelo entre Vasco e São Paulo, disputado na noite desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro. O meia, ídolo da história recente do Cruz-Maltino, foi vaiado durante boa parte da partida, vencida pelos cariocas por 2 a 0, placar que traz alívio a São Januário.

Na saída do estádio, Nenê falou sobre o assunto. “É coisa do momento deles. Eles precisavam da vitória. Eu ouço muita coisa positiva, mas no jogo não tem como. Eles têm que torcer para o time deles. É normal, não fico chateado por causa disso, não”, afirmou.

No começo de 2018, o jogador de 37 anos deixou o Vasco com salários atrasados e alternou bons e maus momentos no Morumbi. No clube carioca, ele conquistou o Campeonato Carioca de 2016.

Apesar de não estar vivendo o momento de aflição do Vasco, que briga contra o rebaixamento no Brasileirão, Nenê admitiu estar frustrado com esta reta final de campeonato, uma vez que o São Paulo chegou a liderar por oito rodadas e agora tenta terminar ao menos no G4.

“Demonstramos que brigamos de igual para igual com qualquer time. Estivemos na primeira colocação, mas infelizmente perdemos essa chance. Num todo (o ano) é positivo porque precisávamos voltar à Libertadores, mas é frustrante pelo que estávamos apresentando no primeiro turno. É normal ter essa frustração por não termos conquistado nada neste ano”, concluiu.

Com a derrota, o São Paulo, que poderia assumir o quarto lugar em função da derrota do Grêmio na rodada, permanece na quinta colocação, com os mesmos 62 pontos do time gaúcho, mas com uma vitória a menos.

O Tricolor volta a campo na próxima segunda-feira, às 22 horas (de Brasília), para enfrentar o Spor no Morumbi, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto: Reprodução:Twitter Nenê
Nenê

Fonte: Gazeta Esportiva

Especulação

Não vem

Você aprova a contratação de Ricardo Rocha (Dirigente)?

Especulações Mercado