No clássico, técnicos reverão palco glorioso

19/01/2006 às 22h38 - FUTEBOL

O clássico do próximo domingo, entre Botafogo e Vasco, pelo Estadual, vai marcar a reabertura do Maracanã. No banco de reservas, os técnicos das duas equipes vão reencontrar o palco que os consagrou como jogadores.

Carlos Roberto, treinador do Botafogo, e Renato Gaúcho, do Vasco, jogaram partidas memoráveis no Maracanã. Ambos também conquistaram títulos no estádio mais famoso do Brasil. Por isso, o retorno ao Mário Filho já mexe com o sentimento dos técnicos.

\"É uma emoção muito grande voltar ao Maracanã. É o maior estádio do mundo, grandes jogadores já passaram por lá. É um prazer reabrir o estádio num clássico. Tive o prazer de fazer grandes jogos no Maracanã e, principalmente, ter dado volta olímpica lá\", disse Renato Gaúcho, que viveu um dia histórico no estádio ao marcar o famoso gol de barriga que deu o título ao Fluminense sobre o Flamengo, na final do Estadual de 1995.

\"Todo jogador gosta de atuar no Maracanã. É o templo do futebol, um lugar especial. É uma emoção muito grande para os jogadores, ainda mais com a presença em massa das torcidas, que dá uma motivação muito grande. Por mais profissional que o jogador seja, mexe com o coração\", comentou Carlos Roberto, que foi bicampeão estadual no Maracanã nos anos de 1967 e 1968, atuando como volante pelo Botafogo.

O atual treinador do Fogão ainda tem uma lembrança histórica do Maracanã. Em 9 de julho de 1967, ele fez uma estréia de gala como profissional no estádio, atuando pelo Alvinegro, na disputa do Torneio Início daquele ano. Carlos Roberto marcou um golaço na final da competição, contra o Madureira, e conquistou seu primeiro título.

\"É verdade. Fiz o segundo gol na final do Torneio Início contra o Madureira. Ganhamos por 3 a 0, esse jogo foi no Maracanã. É mais uma boa recordação\", lembrou.

Além do Estadual de 1995, pelo Fluminense, Renato Gaúcho também conquistou o Brasileiro de 1987, pelo Flamengo, no Maracanã. \"Todo jogador gosta de atuar no Maracanã, ainda mais com um bom gramado e o estádio lotado, como estará no domingo\", afirmou o treinador vascaíno.

Fonte: Pelé.Net