Nota de falecimento: D. Rosa Fernandes Portella Brandão

14/06/2006 às 03h25 - IMPRENSA

Faleceu na madrugada do último sábado, dia 9 de junho, aos 99 anos, uma das vascaínas mais ilustres de todos os tempos: D. Rosa Fernandes Portella Brandão. Além de ter sido a madrinha do time do Vasco que conquistou o histórico título carioca de 1923, D. Rosa era a viúva de Adão Antônio Brandão, um dos atletas mais vitoriosos da história do Vasco e autor, em 1916, do primeiro gol oficial do futebol vascaíno.

D. Rosa Brandão pertence a uma família que atuou com grande abnegação e entusiasmo na vida esportiva, social e política do Vasco no início do século XX. Seu pai, Alberto Balthazar Portella, foi diretor e tesoureiro do clube. Sua mãe, Avelina Fernandes Portella, costurou a primeira bandeira do Vasco e foi a primeira madrinha da equipe de futebol, tendo a honra de se tornar, em 1921, a primeira mulher a ser admitida como sócia do C.R. Vasco da Gama.

D. Rosa faleceu no Rio de Janeiro e foi sepultada na tarde do dia 9 no Cemitério São João Batista.

Fonte: Site Mauro Prais, Netvasco e Site Oficial