Futebol

O ofício que foi enviado pelo Vasco à FFERJ e os lances polêmicos citados

Após o empate por 2 a 2 contra o Bangu neste domingo, no Estádio Mané Garrincha, o Vasco enviou um ofício (veja ao fim da reportagem) à Ferj questionando a arbitragem de Tarcizo Pinheiro Caetano e pedindo para que o árbitro nunca mais apite partidas do clube.

- O Vasco da Gama SAF enviou ofício à FERJ requerendo que árbitro da partida, Sr. Tarcizo Pinheiro Caetano, nunca mais componha a equipe de arbitragem em jogos do Vasco da Gama SAF, em qualquer função e/ou competição e esclarecimentos sobre as decisões da arbitragem hoje - divulgou o Vasco nas redes sociais.

Veja polêmicas de arbitragem de Bangu x Vasco 


O jogo não teve VAR. O Campeonato Carioca só vai utilizar o árbitro de vídeo nos clássicos, nas semifinais e nas finais do torneio.

A partida foi válida pela quarta rodada do Campeonato Carioca. Entre os lances questionados pelo Vasco, estão a expulsão de Jair e o pênalti marcado a favor do Bangu nos acréscimos.

Lances polêmicos de Bangu x Vasco (veja todos no primeiro vídeo):

4 minutos do 1º tempo: Jair é expulso após falta em Walney. O volante do Vasco dá um carrinho, mas acerta a bola antes de o jogador do Bangu cair no gramado. O árbitro vê motivo para cartão vermelho.

44 minutos do 1º tempo: Gabriel Canela faz falta dura e pisa no pé de Erick Marcus. Árbitro mostra o cartão amarelo para o atacante do Bangu.

34 minutos do 2º tempo: Felipe Soares recebe o segundo cartão amarelo após falta por trás em Vegetti. Jogadores do Bangu reclamaram da expulsão.

52 minutos do 2º tempo: Walney faz falta forte em Zé Gabriel, deixa a sola na canela do jogador do Vasco, e recebe o amarelo. Volante vascaíno reclama muito com o árbitro.

55 minutos do 2º tempo: árbitro marca pênalti para o Bangu após contato de Medel nas costas de Gabryel Freitas, que cai na área.

Depois de enfrentar o Bangu, o Vasco segue em Brasília, onde treinará segunda e terça. Na quarta, a delegação viaja para Uberlândia para enfrentar o Nova Iguaçu, às 18h10.

Ofício enviado pelo Vasco à Ferj:

"Prezado Sr. Presidente,

É com indignação e tristeza que o Vasco da Gama SAF escreve à V.S.ª sobre os absurdos e inaceitáveis erros de arbitragem praticados pelo Sr. Tarcizo Pinheiro Caetano, árbitro central, na partida disputada na tarde deste domingo, 28 de janeiro, entre Bangu e Vasco da Gama SAF, em Brasília.

A expulsão do atleta Jair Rodrigues, do Vasco da Gama SAF, com aproximadamente 5 minutos da primeira etapa, além de absurda por se tratar de um lance casual de jogo, em que disputou a bola de forma justa e dentro das regras do jogo, passível no máximo de cartão amarelo, foi só o primeiro de uma sucessão de erros que prejudicaram imensamente nosso clube.

Os atletas Paulinho, Erick Marcus, Vegetti e Zé Gabriel foram agredidos em lances subsequentes, com entradas duras que sequer chegaram perto de disputar a bola, e inexplicavelmente o árbitro central não teve, nem de longe, o mesmo rigor.

Por outro lado, aplicou injusto cartão amarelo ao zagueiro João Victor, após equivocadamente (mais uma vez) marcar uma falta inexistente do atleta do Vasco da Gama SAF, pelo que provavelmente alegará em súmula “reclamação acintosa” – quando, se muito, houve um desabafo quanto à incompetência da arbitragem.

Pelo que se observou, as decisões do árbitro de campo eram desprovidas de qualquer técnica, tão simples quanto: ações do Vasco, falta; ações do Bangu, segue o jogo.

Por todo o exposto, serve-se o Vasco da Gama SAF para requerer à FERJ:

a) Esclarecimentos ainda hoje sobre as decisões da arbitragem; e

b) Que árbitro da partida, Sr. Tarcizo Pinheiro Caetano, nunca mais componha a equipe de arbitragem em jogos do Vasco da Gama SAF, em qualquer função e/ou competição.

Certos de sua atenção, renovamos desde já os nossos votos de elevada estima e distinta consideração, e subscrevemos".

Fonte: ge
  • Sábado, 24/02/2024 às 17h30
    Vasco Vasco 2
    Volta Redonda Volta Redonda 1
    Campeonato Carioca Kleber Andrade
  • Terça-feira, 27/02/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Marcílio Dias Marcílio Dias
    Copa do Brasil Dr. Hercílio Luz
  • Domingo, 03/03/2024 às 18h10
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Campeonato Carioca São Januário