Oferta do Atlético-MG sobre Marrony seria de R$ 20 milhões

11/06/2020 às 17h00 - CLUBE

A proposta do Atlético-MG sobre a mesa do Vasco é de R$ 20 milhões por 80% dos direitos econômicos de Marrony. Cariocas e mineiros já se entendem quanto às cifras e definem questões referentes à forma de pagamento — a oferta é para uma entrada à vista e o restante parcelado.

O Galo enviou a última proposta à diretoria vascaína no decorrer desta semana com o intuito de finalizar o negócio. Agora, o clube aguarda apenas uma posição do Cruzmaltino para anunciar o desfecho. Hoje, os direitos do atleta são divididos da seguinte forma: 70% pertencem ao Vasco, 20% são do Volta Redonda e 10% são de um terceiro, conforme revelado pelo UOL Esporte.

O prazo foi adiado novamente depois de Alexandre Campello, mandatário vascaíno, participar de uma reunião política na tarde de ontem (10). Preso no compromisso, o dirigente precisou deixar as tratativas pela venda de Marrony em segundo plano. O Atlético permanece à espera de uma resposta dos dirigentes cariocas para anunciar o atleta de 21 anos como o quarto reforço desde a contratação de Jorge Sampaoli.

Marrony é justamente um pedido do técnico argentino ao departamento de futebol alvinegro. O jovem apareceu na lista do treinador antes mesmo do acordo para assumir o time por duas temporadas. A ideia é que ele seja um dos reforços para jogar pelos lados do campo na Cidade do Galo.

O estafe do atleta já acertou as bases salariais e o tempo de contrato em uma eventual mudança para Belo Horizonte. Eles, inclusive, informaram a situação à diretoria vascaína, que até temia perdê-lo em uma disputa judicial por causa de três meses de atraso nos salários e oito nos direitos de imagem.
 

Fonte: UOL