Opinião: "Capaz de montar um bom time, mas terá dificuldades"

17/10/2020 às 08h29 - IMPRENSA

Na última quarta-feira (14), o Vasco anunciou a contratação do técnico português Ricardo Sá Pinto. O treinador de 48 anos chega para assumir a vaga deixada por Ramon Menezes — que acabou demitido após derrota por 3 a 0 contra o Bahia, na 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O colunista do UOL Esporte, Mauro Cezar, afirmou no 'Fala, Maurão' desta semana, que o comandante luso é capaz de montar uma boa equipe à frente do Cruz-Maltino. No entanto, ressaltou que ele encontrará dificuldades por conta do momento ruim nos bastidores do clube devido aos atrasos de salários aos funcionários.

"Ele [Ricardo Sá Pinto] é capaz de montar uma boa equipe, mas vai se deparar com dificuldade. O Vasco tem quatro meses de salários atrasados. Ele vai se deparar com uma realidade que ele não está habituado: as dificuldades de um grande brasileiro com crise financeira e atrasos, com problemas e deficiência no elenco, mas é uma boa tentativa", disse.

"Se ele entender o contexto que está inserido e que as dificuldades serão desafiadoras, será melhor do que um técnico brasileiro que apresenta mais do mesmo", completou.

Mauro ainda lembrou da chegada de outro técnico português no Brasil: Jorge Jesus — o técnico que deixou o país com mais títulos do que derrotas. O jornalista relatou que Sá Pinto não encontrará no Vasco o mesmo cenário que Jesus viu no Flamengo: um time estruturado, com salário em dia e forte elenco. E isso pode dificultar seu trabalho.

"Ao contrário do que aconteceu com Jorge Jesus no Flamengo no ano passado, com cenário favorável, elenco mais forte e boas condições de trabalho, o Ricardo Sá Pinto não vai encontrar esse cenário. Ele vai encontrar o que Jesualdo Ferreira encontrou no Santos, um clube em crise, com problemas financeiros e jogadores saindo", concluiu.

O próximo compromisso do Vasco pelo Brasileirão será amanhã (18), às 18h15 (de Brasília), contra o Internacional, estádio Beira-Rio.

Fonte: UOL