Opinião 'E o garoto decide mais uma vez'

29/03/2019 às 08h15 - FUTEBOL

Conhecido como o time da virada, o Vasco deu provas de que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Cinco dias após ser derrotado pelo Bangu, na Colina, foi à forra, ontem, no Maracanã, e bateu a equipe da Zona Oeste por 1 a 0 — gol de Tiago Reis. Com o resultado, garantiu presença na final da Taça Rio, domingo, contra o Flamengo, também no Maracanã. Já os banguenses vão disputar as semifinais do Campeonato Carioca e sonham repetir as façanhas de 1933 e 1966, quando foram campeões.

Obrigado a vencer para ir à decisão — ao time de Moça Bonita bastava o empate —, o Vasco partiu para cima. Com a marcação adiantada, pressionou o adversário, mas de forma desordenada e lenta. A primeira chegada de perigo só aconteceu aos 25 minutos, em finalização de Bruno César para bela e difícil defesa de Jefferson Paulino.

O Bangu não se abalou com o susto. Yaya Banhoro, aos 30, chutou de longe e obrigou Fernando Miguel a fazer um milagre. Mas o lance foi apenas um lampejo da inofensiva equipe do técnico Ado Souza, limitada a raros contra-ataques e que não era nem sombra daquela que surpreendeu os cruzmaltinos em São Januário. Aos 40, Danilo Barcelos chutou forte, mas parou em Jefferson Paulino, assim como Bruno César, aos 46. Pouco para quem precisava da vitória.

Apesar do insistente e preocupante 0 a 0 no placar após o primeiro tempo, o Vasco voltou do intervalo disposto a espantar a zebra alvirrubra. Mas, além da disciplina tática do Bangu, teve na forte chuva que começou a cair outro adversário. Apesar do campo molhado, porém, manteve o domínio no meio de campo, a constante troca de passes e a pressão no ataque.

A tática surtiu efeito logo aos 11 minutos, quando Tiago Reis, de cabeça, aproveitou cruzamento de Rossi e pôs fim à apreensão da até então ressabiada torcida na arquibancada. Foi seu terceiro gol em três jogos como titular do Vasco, amenizando a perda de Maxi López, com lombalgia.

A vantagem, porém, não impediu um susto para os vascaínos: aos 29, Anderson Lessa mandou a bola para a rede, mas o lance foi anulado pelo Árbitro de Vídeo (VAR), que deu impedimento, no único lance de perigo da equipe da Zona Oeste. O Bangu ainda ensaiou uma pressão no fim da partida, mas o Vasco soube se impor e garantir a vaga na decisão do returno do Carioca. Que venha o Flamengo.

Fonte: O Dia