Opinião: Vasco mostra sua nova aguerrida

16/07/2018 às 22h38 - FUTEBOL

No dia seguinte à final da Copa do Mundo, a torcida do Vasco fez de São Januário a sua 'Rússia'. Antes, durante e depois do jogo contra o Bahia, a festa e o clima de decisão contagiaram a Colina na noite desta segunda-feira. Gigante, o Cruzmaltino retribuiu com garra e esperança seus mais fiéis fãs, mas a vitória por 2 a 0 não foi suficiente depois da derrota por 3 a 0, em Salvador. O placar agregado de 3 a 2 deu ao Bahia a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Em Belo Horizonte, o Cruzeiro empatou em 1 a 1 com o Atlético-PR e avançou.

A pausa de pouco mais de um mês no calendário deu tempo para Jorginho mostrar a nova face aguerrida do Vasco. Empurrado pela torcida, o time não deixou o Bahia trocar três passes em seu campo de defesa. Disposto a dar as cartas na Colina, a equipe perdeu dois jogadores, machucados, ainda no primeiro tempo (Rafael Galhardo e Ramon), mas abriu o placar com Pikachu, aos 33 minutos, após pênalti duvidoso sobre Andrés Ríos.

Novo reforço, Maxi López chegou a São Januário a tempo de comemorar o gol, que renovou a esperança de todos para o segundo tempo. A insistência surtiu efeito. Aos 19, Andrey contou com a falha do goleiro Anderson para aumentar a vantagem. O Caldeirão ferveu de vez.

Com o regulamento debaixo do braço, o Bahia enervou o ânimo dos jogadores do Vasco. Andrés Ríos foi expulso ao acertar o rosto de Tiago numa disputa pelo alto. Pouco depois foi a vez de Léo receber o vermelho e Edson, o amarelo, na mesma jogada, por uma dura entrada em Pikachu.

Não dava mais tempo para recuperar o prejuízo. Cercado, o árbitro Rafael Traci foi escoltado por policiais militares. O clima tenso gerou um princípio de confusão na arquibancada, mas a maior parte da torcida preferiu aplaudir o esforço do Vasco.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 X 0 BAHIA

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Cartões amarelo: Lucas Fonseca, Léo, Vinicius, Zé Rafael e Edgard Junio (BAH)

Cartões vermelho: Andrés Rios (VAS) Léo (BAH)

Gols: Yago Pikachu, aos 33min do primeiro tempo; Andrey, aos 19min do segundo tempo

Vasco: Martín Silva, Rafael Galhardo (Kelvin), Breno, Ricardo e Ramon (Henrique); Desábato e Andrey; Yago Pikachu, Giovanni Augusto e Wagner (Thiago Galhardo); Andrés Rios / Técnico: Jorginho

Bahia: Anderson; Nino Paraiba (Flavio), Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Elton (Edson), Gregore, Vinicius (Régis), Mena e Zé Rafael; Edigar Junio / Técnico: Enderson Moreira

Foto: VascoJorginho
Jorginho

Fonte: O Dia

Enquete

Quem você gostaria que fosse o novo técnico do Vasco?

Deixe seu comentario