OPINIÃO: Caldeirão fervente para o Vasco!

12/04/2006 às 00h46 - FUTEBOL

O adversário, o Vasco da Gama, por si só provoca em todos os sulistas um frisson danado, daqueles de não permitir ficar em casa. A hora é agora, um jogo contra um dos maiores clubes do futebol mundial.

O torcedor do Tigre está intimado a trilhar o caminho que leva ao majestoso. É sua obrigação invadir o Heriberto Hülse, torcer antes mesmo do início do jogo, fazer \"hola\", gritar o nome dos jogadores e empurrar de vez o time para cima do adversário.

Não existe oportunidade melhor. Quem não quiser participar de uma festa de 90 minutos, que fique em casa. É proibido ficar sentado, roer as unhas ou ficar calado. Está feito o pacto do Sul em prol do tricolor criciumense. Ah, não podemos esquecer de lembrar que os vascaínos enrustidos estão proibidos de adentrar o majestoso. Se forem, vaias neles.

Retrospecto favorável - Sempre que disputou a Copa do Brasil o Criciúma fez uma boa campanha. Coincidentemente, quando o time vai mal no Campeonato Catarinense e no Brasileiro, e isso é simplesmente inexplicável, o Tigre encontra forças especiais e consegue um bom rendimento nesta competição.

Arbitragem paranaense - O trio é desconhecido. Não conheço o árbitro Cleivaldo Bernardo. O quarto árbitro, o catarinense João Fernando da Silva, sempre que vem ao Heriberto Hülse apronta das suas. Câmeras neles, para que não permitam que o resultado seja obra de seus erros durante a partida. Te liga João Fernando.

Trio de respeito - Marcelo Rosa, Athos e Dejair representam a qualidade de jogo do Criciúma e são responsáveis diretos pelo desempenho e pelas vitórias do time. Sem esquecer que o time precisa se ajudar dentro de campo e que o grupo será de onze, será de fundamental importância que os outros nove estejam concentrados e ligados na partida do início ao fim.

Rodrigo - O técnico Edson Gaúcho não precisa de conselhos. Sempre sabe o que decidir em favor do time. Não sei o que ele está pensando em relação ao substituto do Márcio Alemão, mas confesso que estou torcendo para que ele escale o novo zagueiro, Rodrigo, caso ele tenha condição de jogo. A juventude do garoto Leonardo é preocupante.

Fonte: FUTEBOLSC.COM