Pai de Andrey fala de propostas e desabafa: 'Eu só queria entender'

12/03/2019 às 12h41 - FUTEBOL

Vasco André Ramos, pai do volante Andrey, afirma não ter entendido, assim como seu filho, porque Andrey não foi sequer relacionado para o clássico com o Fla. Pai do jogador descarta ter havido qualquer problema entre o jovem meio-campista e o técnico Alberto Valentim.

Vasco André Ramos afirma que Andrey vai continuar se dedicando e esperando uma nova oportunidade para jogar.

André Ramos considera que Andrey tem totais condições de jogar, mesmo diante da grande concorrência na posição. Segundo o pai do jogador, Andrey tem propostas de dentro e de fora do país para deixar o clube. Mesmo assim, ideia do jogador é permanecer no Vasco.

Andrey tem proposta de três clubes da série A do Brasileiro, além de clubes do exterior

André Ramos, pai do volante Andrey: “Eu só queria entender porque no início do ano propostas do exterior foram negadas se o Andrey não seria utilizado nesse Carioca”

André Nascimento, pai de Andrey.

André Nascimento, pai de Andrey: “Tem gente fazendo comentário maldoso dizendo que o Andrey não trabalha. Pelo contrário, ele trabalha muito desde os 14 anos, tanto dentro do clube como a parte”

André Nascimento, pai de Andrey: “No final do ano passando quando o Vasco vinha lutando contra o rebaixamento ele jogou,mostrou o potencial. Agora é ter tranquilidade que a hora vai voltar e ele vai jogar. Briga com Valentim nunca existiu até porque ele é bem profissional”

André Nascimento, pai de Andrey: “Ele esperou três anos para poder jogar, não vai ser uma situação dessa que vai mexer com a cabeça dele”

André Nascimento, pai do volante Andrey: “O elenco é muito grande, tem que respeitar a opinião do treinador. Não sei qual o motivo porque ele (Valentim) não chama para conversar e nem fala nada. Mas são coisas que acontecem dentro do Vasco”

André Nascimento, pai de Andrey: “Nós vamos sentar com empresário para saber o que é melhor para o Andrey e para o Vasco, mas nossa intenção é continuar. Só que isso tem que partir de uma conversa. Se o treinador não conta com ele, o Vasco tem que conversar”

Fonte: Twitter da Rádio Brasil