Outros Esportes

Paralímpico: Daniel Mendes fala sobre projeto do Vasco

0

Daniel Mendes é paratleta do Club de Regatas Vasco da Gama, da classe 7, e tem 18 anos de idade. Com muita dedicação e foco no objetivo de construir uma história de títulos na natação, ele deixou sua cidade para seguir o seu sonho de se preparar para jogar uma paralimpíada no futuro. Daniel nasceu em Resende, interior do Rio de Janeiro, e agora veio morar sozinho perto de São Januário, mas garante ter recebido apoio da família na busca da realização da sua meta. O paratleta relatou como começou a trajetória dele no esporte.

Foto: Bruna Teixeira/ VascoDaniel Mendes
Daniel Mendes

– Minha história na natação paralímpica iniciou em 2019. Um treinador da minha cidade viu potencial em mim e me chamou para eu começar treinar visando competições. Primeiramente no convencional, onde eu participei de fevereiro até novembro pelas competições da Farj. Então, em seguida, eu conheci a coordenadora dos esportes paralímpicos do Vasco, Lívia Prastes, e ela me chamou para fazer testes após ver que eu fazia bons tempos dentro da minha categoria. A Lívia me convidou para disputar a paralimpíadas escolares que tem jovens do Brasil inteiro. É a competição base do paralímpico do circuito nacional. Em novembro de 2019 disputei cinco provas e ganhei quatro ouros, então por ter tido resultados bons eu vim treinar definitivamente no Vasco- relatou Daniel, que em seguida falou sobre um dos momentos mais marcantes da história dele.

– Em 2020 eu competi o Regional Rio Sul, única competição que teve no ano da pandemia, e eu conquistei seis medalhas de ouro, uma de prata e ganhei o troféu de melhor atleta masculino na competição. Até hoje o momento mais especial da minha carreira foi ser eleito o melhor jogador da competição, pois eu não esperava muito por ser novo e tudo mais. Além desse também teve um dia muito marcante que foi quando saiu o ranking dos atletas das competições 2019 e 2020. Eu consegui uma boa colocação. Fiquei em terceiro lugar nos 100 metros livres no ranking nacional e peguei mais três provas no quarto lugar- disse Daniel, que compartilhou o próximo desafio dele.

– Meu próximo objetivo é me manter entre os três melhores no ranking nacional, um dia ser campeão brasileiro em alguma modalidade na natação e futuramente, quem sabe, representar o Brasil em alguma competição internacional- destacou o paratleta, que quis enfatizar a importância da modalidade no Clube.

– O projeto aqui do Vasco do paralímpico é muito importante, porque sinceramente mudou a minha vida. Eu não conhecia muito essa parte do paradesporto e sempre me adaptava com pessoas convencionais. Só quando eu conheci o Vasco paralímpico, vi que eu era bom em algo realmente. É importante trabalhar com jovens para impactar na vida deles. Aqui no Vasco o trabalho vem sendo feito desde cedo com crianças até a equipe profissional. Vejo muita dedicação nesse projeto do Vasco e consigo enxergar o impacto dele na vida de muitas pessoas, como na minha- expressou Daniel.

 

Fonte: Site Oficial do Vasco