Futebol

Parcelamento e compra de atletas aconteceu por 'planejamento estratégico'

O Vasco atrasou pagamento da dívida com Andrey Santos e também está devendo comissões a empresários. Mesmo após o aporte milionário da SAF, o clube encontra dificuldades em honrar alguns compromissos e tenta renegociar condições.

Andrey Santos

O principal atraso é referente a Andrey - a SAF fez acordo com o jogador em fevereiro deste ano para que ele aceitasse voltar ao Vasco emprestado pelo Chelsea, mas ainda não pagou duas das três parcelas combinadas com o volante. A informação foi divulgada inicialmente pelo "Canal do Pedrosa" e confirmada pelo ge.

O clube tem uma dívida pendente de R$ 12 milhões referente à venda de Andrey ao Chelsea. O Vasco, que detinha 70% dos direitos econômicos do volante, não havia efetuado o repasse dos 30% restantes, e isso comprometeu a negociação pelo retorno do cria. Andrey e seu estafe insistiram pelo pagamento à vista, mas a proposta da diretoria vascaína de parcelar o valor em três vezes acabou aceita.

O combinado foi pagar da seguinte forma:

R$ 3,6 milhões até dia 03/03

R$ 6 milhões até dia 31/03

R$ 2,4 milhões até dia 30/04

Acontece que até a noite desta segunda-feira o Vasco só quitou uma parcela. O ge apurou que o clube chegou a renegociar com o volante e prometeu o restante do pagamento até a data de hoje, dia 15/05, mas não conseguiu cumprir.

Comissões

A SAF realizou a contratação de 16 jogadores na primeira janela de transferências. Na maioria das negociações, o Vasco conseguiu parcelar. Em alguns casos, como o de Pedro Raul, o clube quitou o pagamento à vista. A reportagem ouviu que o pagamento de Orellano também já foi quitado. Em outros, como o de Léo, dividiu - as parcelas estão em dia com o São Paulo, porém, há uma renegociação para mudar prazos de pagamento.

O que está atrasado é o pagamento de comissões a empresários, que deveriam estar recebendo mensalmente, mas isso não vem acontecendo. "Empresários, quase todos, sem receber comissões há um tempo", revelou o representante de um jogador contratado pelo Vasco.

Sobre contratações da janela passada, o balanço financeiro da SAF informou que as negociações geraram um total a pagar de US$ 3,3 milhões (R$ 16,6 milhões) em comissões a agentes e cerca de US$ 1,2 milhão (R$ 6 milhões) em luvas para atletas, que também estão atrasadas.

Pessoas do clube garantiram que outros compromissos, como salários de funcionários e direitos de imagem de jogadores, estão em dia. No caso dos direitos de imagem, o Vasco adotou como procedimento que os atletas abram empresa para que possam receber o pagamento.

RCE

Na última quinta-feira, o ge informou que a Justiça do Trabalho deu prazo de 48 horas para que o Vasco quitasse parcela atrasada do Regime Centralizado de Execução. O clube deveria ter feito o depósito no dia 5 deste mês. A reportagem apurou que a SAF já quitou o débito e está em dia com o RCE, mas estuda renegociar a dívida com os credores em função dos juros muito altos.

Fluxo de caixa

Por que o Vasco está atrasando esses pagamentos? O ge ouviu que isso se dá por uma questão de fluxo de caixa. A insistência pelo parcelamento da dívida com o Andrey e da compra de alguns jogadores, por exemplo, aconteceu por planejamento estratégico financeiro da diretoria.

O departamento de futebol comandado por Paulo Bracks atacou o mercado priorizando o pagamento em parcelas para não interferir no fluxo de caixa da empresa. Foram investidos cerca de R$ 110 milhões em 16 reforços, mas a grande maioria das aquisições de direitos foi feita de forma parcelada.

Essa deverá ser uma postura comum do Vasco em negociações, até por orientação do departamento financeiro comandado por Lúcio Barbosa, embora cada caso seja diferente do outro. A prioridade por pagamentos à vista se dará quando houver desconto significativo - como foi o caso de Pedro Raul, pelo qual o clube pagou uma parcela única de R$ 10,4 milhões ao Kashiwa Reysol.

Fonte: ge
  • Quarta-feira, 19/06/2024 às 20h00
    Vasco Vasco 0
    Juventude Juventude 2
    Campeonato Brasileiro - Série A Alfredo Jaconi
  • Sábado, 22/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    São Paulo São Paulo
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Quarta-feira, 26/06/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Bahia Bahia
    Campeonato Brasileiro - Série A Fonte Nova
  • Sábado, 29/06/2024 às 19h00
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Quarta-feira, 03/07/2024 às 20h00
    Vasco Vasco
    Fortaleza Fortaleza
    Campeonato Brasileiro - Série A São Januário
  • Segunda-feira, 08/07/2024 às 21h00
    Vasco Vasco
    Internacional Internacional
    Campeonato Brasileiro - Série A A definir