Paulinho: O Rei do Rio

10/04/2018 às 08h13 - FUTEBOL

Pouca idade, personalidade gigantesca e muito futebol! Não é preciso pensar muito para encontrar adjetivos que classifiquem Paulinho. Movido a desafios, o garoto iniciou a temporada disposto a se tornar protagonista em São Januário. Na última segunda-feira (09/04), durante a Solenidade de Encerramento do Campeonato Carioca, o atacante viu seu desejo se tornar realidade. Nenhum outro jogador brilhou mais no evento promovido pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro.

Demolidor de marcas desde que foi promovido aos profissional, no segundo semestre do ano passado, o jovem de 17 anos voltou a fazer história ao faturar três categorias na Premiação dos Melhores do Estadual. Além de ter levado a melhor sobre os concorrentes em sua posição, Paulinho subiu ao palco outras duas vezes para receber os troféus de revelação e craque. Acompanhado do irmão Romário e dos pais Paulo e Ana, o camisa 11 não escondeu a satisfação ao falar sobre o feito.

- O time todo trabalhou para chegar na final e merecia muito conquistar o título. Lutamos bastante, demos o nosso melhor, mas não conseguimos ser campeões, infelizmente. Eu trocaria tudo que conquistei aqui pelo título, mas não tem como não ficar feliz com os prêmios individuais que recebi. É um reconhecimento do trabalho que venho desenvolvendo desde o ano passado. Vou seguir trabalhando para ter outras noites especiais como essa - disse o garoto. 

Embora venha atuando em alto nível desde a última temporada, Paulinho admitiu que não esperava conquistar o título de "Rei do Rio" logo em sua primeira participação no Campeonato Carioca. Eleito por jornalistas dos mais diversos veículos de comunicação, o prata da casa, entretanto, fez questão de afirmar que os prêmios recebidos foram merecidos. Eles, segundo o atacante, são frutos de sua enorme dedicação nos dias de treinamentos.

- Sendo sincero, eu não esperava que iria ganhar tantos prêmios na minha primeira participação no Carioca, mas trabalho com seriedade e me dedico muito todos os dias para estar sempre no melhor nível possível. A minha meta é sempre evoluir e colocar em prática tudo que faço nos treinos dentro de campo. Hoje eu consegui esse reconhecimento e estou muito feliz, mas quero buscar mais, como disse antes - afirmou o atacante. 

Mesmo impedido de jogar em virtude de uma lesão no cotovelo esquerdo, problema que o deixará de fora dos gramados por aproximadamente quatro meses, Paulinho fez questão de ir ao Maracanã no domingo (08) para torcer pelos companheiros. Nos momentos que apareceu no telão, o camisa 11 foi ovacionado pelos vascaínos, que compareceram em peso e estabeleceram o recorde de público do futebol brasileiro na temporada. O carinho vindo das arquibancadas é festejado pelo talentoso atacante.

- Quando se inicia a temporada, todos os jogadores miram a conquista de títulos. E com o nosso grupo não é diferente. Dessa vez, infelizmente, ele não veio, mas temos que seguir trabalhando, manter o mesmo foco do Carioca. Ainda temos outros campeonatos para disputar e queremos chegar longe em todos eles. Fico muito feliz com esse carinho que a torcida tem por mim. Todos os jogadores da base que sobem, os torcedores abraçam. Comigo não foi diferente. Vou procurar fazer bem o meu trabalho para que eles sigam me admirando - concluiu Paulinho.

Fonte: Site oficial do Vasco

Enquete

Qual a culpa dos problemas políticos do Vasco na campanha do clube no Brasileiro?

Deixe seu comentario