Pikachu sobre clássico: "Vencer para sair dessa zona desconfortável"

31/10/2018 às 19h14 - FUTEBOL

Mais uma etapa da preparação cruzmaltina para o clássico contra o Fluminense foi cumprida na tarde desta quarta-feira (31/10) no CT do Almirante, em Vargem Pequena. Assim como nas duas primeiras atividades visando a partida, a comissão técnica colocou o grupo para suar a camisa em trabalhos físicos e técnicos. Todos os jogadores que estão à disposição para o confronto participaram da movimentação.

Atleta que mais atuou pelo Gigante da Colina na temporada, Yago Pikachu concedeu entrevista coletiva momentos antes do treinador Alberto Valentim decretar o início do treinamento. Na oportunidade, o camisa 22 festejou a semana de preparação e não escondeu o otimismo ao projetar o próximo desafio. Vencer o Tricolor das Laranjeiras para se distanciar do incômodo Z4 é a grande meta vascaína.
 

- Estamos otimistas e vamos fazer de tudo para vencer essa partida. Querendo ou não, o Fluminense é um adversário direto. Eles jogam e temos que estar atentos. Não sabemos se eles virão nos enfrentar com o time titular, até por conta do jogo e do desgaste. Chegaremos bem preparados. Estamos tendo mais uma semana de trabalhar para corrigir os erros que cometemos contra o Inter e manter o que fizemos de bom. Queremos os três pontos para sair de vez dessa zona de desconforto que nos encontramos na tabela - afirmou o artilheiro.

Na rodada passada, atuando dentro de São Januário, o Vasco da Gama teve uma apresentação e por pouco, muito pouco, não derrotou o Internacional, um dos postulantes ao título do Campeonato Brasileiro. Na avaliação de Yago Pikachu, que já balançou as redes 18 vezes em 2018, o rendimento cruzmaltino foi excelente em virtude da mudança promovida pela comissão técnica no esquema tático. 

- O esquema mudou um pouco. Agora estamos jogando de uma forma diferente. Vínhamos jogando com três volantes e acabou entrando o Marrony, que possui mais de velocidade. Estávamos com pouca gente chegando no ataque. Agora, jogando com dois jogadores abertos, eu na direita e o Marrony na esquerda, passamos a ter mais opções na frente. O Maxí não está mais isolado, como foi em outros jogos que disputamos. O importante é que estamos levando para o jogo aquilo que estamos treinando - declarou o camisa 22.

Foto: Site Oficial do Vasco Pikachu
Pikachu

Fonte: Site oficial do Vasco