Prefeitura diz que CT do Almirante não possui alvará

08/02/2019 às 22h15 - CLUBE

De acordo com a Prefeitura do Rio de Janeiro, não é somente o Centro de Treinamento do Flamengo que tem problemas de documentação. Vasco e Fluminense também estão na mira da fiscalização. Questionada pelo Globoesporte.com, a assessoria da Prefeitura informou que, além de já terem sido lavrados "quase 30 autos de infração" por falta de alvará no Ninho do Urubu, não existe sequer o pedido de alvará para o CT do Almirante, do Vasco, e o CT Pedro Antônio, do Fluminense. O Botafogo ainda não concluiu o seu CT.

O incêndio desta sexta-feira nas instalações rubro-negras deixou 10 adolescentes mortos e três feridos, um deles em estado grave. A Polícia Civil conduz investigação e concluiu a perícia, mas ainda não foram apontadas as causas da tragédia.

CT do Vasco

No caso do CT cruz-maltino, não existe na Prefeitura qualquer pedido de licenciamento de edificações, tampouco de alvará de funcionamento. As gerências responsáveis foram acionadas para fiscalizar e tomar as "devidas medidas legais".

Diz trecho da nota enviada pela Prefeitura:

"Do ponto de vista da área de urbanismo, não existe registro de pedido de licenciamento para edificações. O que existe é um pedido de licenciamento de um loteamento, de 2014.

Do ponto de vista de alvará, não há registro de pedido de alvará para a unidade. Por conta disso, a Secretaria Municipal de Fazenda decidiu acionar as gerências responsáveis para realizar fiscalização e tomar as devidas providências legais".

Em março de 2018, o Vasco assinou o contrato para a utilização do centro de treinamento em Vargem Pequena por três anos (período do mandato do presidente Alexandre Campello). O local, que tem como proprietários o atacante Vagner Love e o empresário Evandro Ferreira, pai do ex-jogador vascaíno Evander, foi apelidado de CT do Almirante e abriga apenas as atividades da equipe profissional. O CT conta com dois campos de medidas oficiais, vestiários, uma piscina, uma arquibancada para 800 lugares, uma caixa de areia e academia adaptada.

A base vascaína treina em São Januário, no campo do Artsul e, ano passado, a equipe sub-20 trabalhou nas instalações do clube da aeronáutica. O clube emitiu uma nota oficial afirmando que não utiliza os espaços como alojamento, que é em São Januário.

Consultada, a assessoria do clube respondeu:

"O Club de Regatas Vasco da Gama informa que seu CT funciona apenas como local de treinamento e não tem alojamentos".

Fonte: GloboEsporte.com