Preparador comenta expectativa de Bruno César em ser reintegrado

05/05/2020 às 08h07 - FUTEBOL

Entre indefinições quanto à continuidade do calendário e ao retorno aos treinos, o Vasco pode ter uma novidade no elenco para o restante da temporada: a reintegração de Bruno César. O meia, que está afastado desde o início do ano, se prepara para estar à disposição do técnico Ramon Menezes.

Durante o período de paralisação das atividades por conta da pandemia de coronavírus, o jogador vem realizando trabalhos para recuperar a forma. Na última temporada, Bruno César perdeu espaço no elenco e questão física esteve em pauta.

O trabalho vem sendo feito com auxílio de Murilo Feltrin, preparador e fisiologista que já trabalhou com o meia Oscar, que está no Shanghai SIPG, da China, e com o também meia Boschilia, do Internacional. Ele e o jogador cruz-maltino, porém, não se conheciam previamente.

"Não conversamos diretamente sobre esses assuntos [retorno ao elenco], mas o que sei dizer é que, nos treinamentos, ele está bastante motivado e se empenhando muito", disse Feltrin, que completou:

"O Bruno é um jogador muito dedicado, e que vem fazendo um bom trabalho nos treinos. Estamos dividindo o treinamento em três locais: academia, areia e musculação. O foco total, no momento, é aprimorar a parte física do atleta, já que, infelizmente, o trabalho tático com a equipe está suspensa devido ao coronavírus."

O preparador salientou quais são os principais cuidados neste momento em que não se pode realizar todos os tipos de atividades e indicou que a busca é para que o jogador, quando as competições voltarem, precise 'apenas de alguns ajustes'.

"Nesse período, o nosso objetivo é manter o atleta no melhor rendimento possível dentro de todas as capacidades para, quando a notícia da volta aos jogos chegar, ele estar preparado fisicamente e precisar apenas de alguns ajustes físicos, táticos e técnicos em equipe, para estar em sua melhor forma."

Bruno César, que estava no Sporting, de Portugal, foi anunciado pelo Vasco no fim de 2018 como grande nome para a temporada seguinte. Ele, porém, não conseguiu engrenar e, com a chegada de Vanderlei Luxemburgo, perdeu espaço.

Fora dos planos e com contrato até o fim do ano, a diretoria chegou a conversar em busca de uma solução, mas, com a mudança na comissão técnica e departamento de futebol, o meia ganhou uma sobrevida. Porém, o assunto ainda vem sendo conversado e necessita de alguns ajustes para se chegar a um denominador comum.

O técnico Abel Braga deixou o Vasco em 16 de março, dia em que clubes e a Federação de Futebol do Rio (Ferj) decidiram suspender treinos e jogos. Duas semanas depois, a diretoria anunciou Ramon, que era integrante da comissão técnica, como novo comandante e Antônio Lopes como coordenador-técnico.

"Já houve uma conversa com ele. É um jogador que pertence ao Vasco da Gama, que faz parte do elenco principal e sempre se apresentou bem. É um meia que me parece que o Vasco ainda não tem no elenco, um meia de armação igual a ele. O Ramon sabe disso e eu acho que ele vai ser reintegrado ao grupo", afirmou Lopes, em recente entrevista ao canal Super Papo Vascaíno.

Fonte: UOL Esporte