Futebol

Ramon deve promover algumas alterações para o duelo contra o RB Bragantino

Ponto forte da equipe de Ramon Menezes, o ataque do Vasco foi inoperante nas últimas três partidas. Contra o Coritiba, pelo Brasileirão e nos dois jogos em que enfrentou o Botafogo pela Copa do Brasil, o Gigante da Colina não balançou as redes do adversário. Até o início do mês de setembro, era o Vasco a equipe mais eficiente entre os vinte clubes do Campeonato Brasileiro. A quantidade de finalização era pequena, mas o acerto era grande.

No segundo jogo contra o Botafogo pela Copa do Brasil, o Vasco finalizou 14 vezes ao gol do rival. No entanto, os acertos foram apenas dois na meta alvinegra. O esquema tático também dificultou a criação da equipe vascaína. Com Talles Magno na esquerda, Benítez centralizado e Ribamar na direita, o time não conseguia triangular.

Mesmo com mais posse de bola do que o rival, o Cruz-maltino pouco atacou a área botafoguense. Assim também se deu contra o Coritiba, na última rodada do Campeonato Brasileiro, em que o Vasco foi derrotado por 1 a 0.

E O CANO?

O argentino continua sendo uma máquina de fazer gols. Ainda que não tenha marcado nas últimas três partidas, o que é anormal se tratando de Germán Cano, ele é eficiente quando tem a bola nos pés. No entanto, nas últimas três partidas, Cano teve apenas três chances de marcar.

Contra o Botafogo, no primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil, foi parado pelo goleiro Gatito Fernández. Já pelo Brasileirão, o goleiro Wilson derrotou por dois embates seguidos o artilheiro. Pode ser, sim, uma fase. Mas a verdade é que o esquema tático do Vasco isola o argentino.

4-2-3-1 DE RAMON MENEZES

Com o esquema de um meia centralizado e dois pontas, Ramon Menezes fez o Vasco virar a sensação do Brasileirão no retorno do futebol. Hoje, com isso, o Gigante da Colina ocupa a quinta colocação no campeonato, o que é fruto do trabalho do treinador. Mas o principal jogador de criação, Martín Benítez, está sobrecarregado no meio.

As equipes que enfrentam o Vasco observam o posicionamento do meia argentino e colocam dois volantes para diminuir o espaço. Além disso, a equipe não tem criação pelos lados de campo, pois os laterais, sobretudo Henrique, ficam presos na defesa.

JOGO CONTRA O RED BULL BRAGANTINO

Para o duelo diante do Red Bull Bragantino, a tendência é de que Ramon Menezes promova algumas alterações. A equipe do Vasco precisa ser mais aguda e voltar a ser eficiente. Uma das opções pode ser a entrada de Marcos Junior, mais adiantado, ao lado de Martin Benitez. Embora um extremo saía do time, as aproximações vão acontecer com mais facilidade.

O Vasco enfrenta o Red Bull Bragantino no domingo, às 11h, em São Januário. O Cruz-maltino vem de duas derrotas consecutivas, enquanto a equipe paulista venceu o Ceará por 4 a 2 na última rodada.

Fonte: Esporte News Mundo
  • Quinta-feira, 29/09/2022 às 21h30
    Vasco Vasco 1
    Londrina Londrina 1
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Terça-feira, 04/10/2022 às 19h00
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio Germano Krüger
  • Sábado, 08/10/2022 às 18h30
    Vasco Vasco
    Grêmio Novorizontino Grêmio Novorizontino
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Domingo, 16/10/2022 às 16h00
    Vasco Vasco
    Sport Sport
    Campeonato Brasileiro - Série B Ilha do Retiro
  • Quinta-feira, 20/10/2022 às 21h30
    Vasco Vasco
    Criciúma Criciúma
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Quinta-feira, 27/10/2022 às 20h00
    Vasco Vasco
    Sampaio Corrêa Sampaio Corrêa
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Domingo, 06/11/2022 às 18h30
    Vasco Vasco
    Ituano Ituano
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio Municipal Doutor Novelli Junior