Relembre os momentos mais marcantes de Talles Magno

26/06/2020 às 15h56 - FUTEBOL

Cria de São Januário e principal joia do Vasco, Talles Magno completa nesta sexta-feira 18 anos. Jogador mais jovem a atuar profissionalmente pelo clube no Século 21, o “Mágico”, como é conhecido, é o xodó da torcida e dono do time, mesmo tendo disputado apenas 22 jogos pelo time profissional. O Esporte News Mundo relembra os principais momentos da curta e promissora carreira do atacante, que já é muito cobiçado pelos gigantes europeus.

ESTREIA – 2 DE JUNHO

Sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo, Talles Magno disputou a sua primeira partida com os profissionais. O batismo foi logo em um clássico. Após o gol do Botafogo, marcado por Diego Souza, o menino de 16 anos, 11 meses e 2 dias foi a campo no lugar de Tiago Reis, aos 13 minutos do segundo tempo. Apesar da boa atuação, o atacante não conseguiu mudar a história do jogo e o Vasco perdeu por 1 a 0, no Nilton Santos. Ele se tornou o jogador mais jovem a atuar pelo Cruz-Maltino no Século 21, superando Paulinho.

TITULARIDADE – 4 DE AGOSTO

Após sair do banco de reservas contra Botafogo, Grêmio e Palmeiras, chegou a hora de receber a primeira oportunidade como titular. O rival foi o CSA, no Kleber Andrade, em Cariacica. Talles Magno mostrou personalidade e foi um dos melhores em campo. Apesar da boa atuação, não conseguiu dar a vitória ao Vasco, que empatou em 0 a 0.

VITÓRIA – 11 DE AGOSTO

Depois de estrear e conquistar a titularidade, faltava a primeira vitória, que só aconteceu diante do Goiás, no Serra Dourada, somente na quinta partida no time profissional. Na ocasião o Vasco venceu por 1 a 0, gol marcado por Marcos Júnior. Talles Magno foi substituído aos 34 minutos do segundo tempo.

GOL – 25 DE AGOSTO

Titular da equipe, faltava ainda balançar as redes para se consolidar como o principal jogador do Vasco. Quis o destino que o primeiro gol acontecesse justamente no primeiro jogo em São Januário com o time profissional. Com o pé esquerdo, Talles abriu o placar diante do São Paulo, aproveitando um desvio de cabeça feito por Leandro Castan, em escanteio cobrado pela esquerda por Danilo Barcelos. A partida terminou 2 a 0, com Fellipe Bastos selando a vitória.

DECISIVO – 14 DE SETEMBRO

Diante da Chapecoense, na Arena Condá, Talles Magno deu efetivamente a vitória para o Vasco. Em jogada individual, o atacante encarou a marcação de dois jogadores e bateu de fora da área, de canhota, para recolocar o Cruz-Maltino de novo à frente do placar, que terminou em 2 a 1.

MÁGICO – 13 DE OUTUBRO

Na última partida antes de disputar o Mundial Sub-17, Talles Magno protagonizou um dos lances mais marcantes de 2019. Próximo da bandeirinha de escanteio, o atacante aplicou uma lambreta em Gabriel Dias e foi parado com falta, ocasionando à expulsão do adversário. O Vasco venceu a partida por 1 a 0, gol de Pikachu, de pênalti, sofrido por Leandro Castan.

FRUSTRAÇÃO – 6 DE NOVEMBRO

Com a Seleção Brasileira, Talles Magno disputou o Mundial Sub-17, porém não conseguiu chegar até o fim da competição. Isso porque sofreu um estiramento no bíceps femural da coxa direita, nos minutos finais da vitória sobre o Chile por 3 a 2. Antes de se lesionar, o atacante era um dos destaques da equipe, titular absoluto e com dois gols marcados. O Brasil conquistou o título.

GARÇOM – FEVEREIRO

Recuperado da lesão muscular, Talles Magno começou o ano como a grande esperança do Vasco. No entanto, assim como o time, não conseguiu ter tanto destaque. Em sete jogos, nenhum gol marcado, porém contribuiu com duas assistências importantes. A primeira na vitória sobre o Oriente Petrolero, em São Januário, por 1 a 0, pela Copa Sul-Americana. Já a segunda, no empate com o Altos-PI em 1 a 1, pela 1ª fase da Copa do Brasil. Em ambas, Germán Cano empurrou para as redes.

RECOMEÇO – 28 DE JUNHO

Na folga de Carnaval, Talles Magno fraturou o quinto metatarso após pisar em falso em uma pedra dentro de uma piscina natural, em Paraty, desfalcando o Vasco em cinco jogos antes da pandemia. Recuperado, o atacante está confirmado na equipe que enfrenta o Macaé, domingo, em São Januário.

Fonte: Esporte News Mundo