Renato esconde jogo e Abedi será o coringa mais uma vez

15/07/2006 às 06h03 - FUTEBOL

Depois do vexame contra o Palmeiras na última rodada, Renato Gaúcho preferiu esconder o jogo e entrar com o time B em campo, amanhã contra o Flamengo. O técnico quer preservar os jogadores titulares e armar melhor a equipe que fará o primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil na próxima quarta-feira contra o Rubro-Negro.

Para Renato Gaúcho não existem reservas no Vasco e todos podem ser titulares.

\"Eu não gosto da palavra reservas. Prefiro dizer que possuo um grupo\", disse o técnico, que continuou ressaltando a importância deste jogo para o time no Brasileiro.

\"Ninguém gosta de perder, principalmente para o maior rival. Seria importante conseguir os três pontos no clássico\", disse.

O jogo de domingo servirá para Renato colocar o resto do time para jogar e ganhar ritmo de jogo, principalmente Abedi, que esteve em dez das onze partidas do clube no Brasileiro e deverá entrar no decorrer do clássico com o Flamengo no meio da semana.

Esse tipo de rodízio já vinha sendo utilizado pelo treinador antes da parada do Brasileiro para a Copa do Mundo.

O retrospecto do time B do Vasco, que não chega a ser um \"expressinho\", não é dos piores. Os reservas vascaínos conseguiram uma vitória (Vasco 2 x 1 Grêmio), um empate (Vasco 1 x 1 Fluminense) e uma derrota (Goiás 2 x 0 Vasco).

Segundo Renato, a torcida pode confiar que o \"time B\" vascaíno também não fará feio no domingo.

\"Eles sabem como eu penso e me comportam. Eles não irão decepcionar\", disse.

O time que treinou ontem e que provavelmente entrará em campo no domingo é: Cássio, Claudemir, Éder, Paulão, Hugo; Ygor, Roberto Lopes, Alberoni e Abedi; Ernane e Faioli.

Fonte: Jornal dos Sports