Mercado

Representante de Alef Manga fala da conversa que teve com Carlos Brazil

O Coritiba anunciou a contratação de Alef Manga, destaque do Goiás na Série B 2021, mas que pertence ao Volta Redonda-RJ. O que poucos sabem é que os bastidores envolvendo o futuro do atacante de 27 anos têm curiosidades que chamam atenção.

Alef Manga, antes de se acertar com o Coritiba, quase assinou com o Fortaleza. O Leão de Pici realizou proposta oficial para ter o jogador, se acertou com o Volta Redonda e fechou base salarial com os representantes do atleta, mas, na hora de trocar os documentos para sacramentar a transação, o Goiás entrou em cena nos bastidores e "queimou" o atleta, relatando condutas dele fora das quatro linhas.

O Fortaleza, com receio após ouvir pontos negativos em relação a Alef, optou por desistir de ter o jogador, que ficou chateado porque viu a chance de atuar na Libertadores escapar. O principal representante do atleta, Marlei Feliciano, não mediu esforços para conseguir um bom destino para o jogador, que sempre deixou claro que gostaria de atuar na Série A em 2022.

Mas, teve um clube que Alef Manga disse ao seu representante que abriria uma exceção e jogaria novamente a Série B na próxima temporada: o Vasco, que já havia demonstrado interesse em ter o atacante a pedido do técnico Zé Ricardo.

Marlei, portanto, foi ao Vasco e se reuniu com Carlos Brazil. O diretor vascaíno deixou claro o interesse em Alef, mas havia uma dificuldade: o Cruzmaltino não tinha condições de pagar pelo empréstimo, o que era uma exigência do Volta Redonda. Naquele momento, o time de São Januário ficou distante de ter o atleta.

"Alef foi pretendido por vários clubes, inclusive Vasco. Eu fui visitar o Brazil (Carlos Brazil, diretor do Vasco) e conversamos sobre a possibilidade do Alef no Vasco. O Vasco não tinha condições de pagar o empréstimo. Sou torcedor do Vasco e seria de bom grato, mas não deu certo", disse Marlei Feliciano em contato com o Jornal O Dia.

INTERNACIONAL, SANTOS E SÃO PAULO TENTARAM TAMBÉM?

Em um determinado momento, Marlei Feliciano colocou um emissário para viajar a Porto Alegre e conversar com o Internacional a respeito de uma possível ida de Alef ao Colorado. Porém, o time gaúcho estava em processo de troca de treinador e não conseguiria resolver a situação rapidamente. Como o atacante havia pedido para os representantes resolverem antes da virada do ano, Marlei começou a trabalhar em outras frentes.

Porém, após o assédio inicial de alguns clubes, chegou um determinado momento que ninguém estava se mostrando disposto mais a pagar pelo empréstimo, e Marlei precisou trabalhar bastante para reverter a situação.

No São Paulo, segundo o agente, também teve conversa, mas que não avançaram. Segundo apurou a reportagem, o Tricolor também foi avisado por uma pessoa do Goiás sobre um possível mau comportamento de Alef fora de campo.

Em relação ao Santos foi muito mais um interesse de Alef Manga, que deu declarações dizendo ser torcedor do Peixe que propriamente um interesse do time da Vila Belmiro:

"No São Paulo houve conversa, mas conversa é diferente de fechamento. Uma coisa é conversar. Todas foram excelentes. Sobre o Internacional, na verdade, eu mandei um emissário meu a Porto Alegre, mas não teve sequência. As conversas iniciais não avançaram. Também havia situação de técnico. Não dava mais para esperar ninguém. Alef havia me pedido para resolver antes do Reveillon", revelou Marlei, agente do atacante.

Após interesses e tentativas frustradas, eis que surge o Coritiba, clube que conseguiu acesso à Série A e que estava disposto a ter Alef Manga para 2022. Em uma rápida negociação, que durou cerca de 48h, segundo pessoas que participaram das tratativas, o Coxa topou pagar o que o Volta Redonda pedia para emprestar (R$ 500 mil), aceitou o valor do passe fixado de 50% do atleta (R$ 2 milhões) e conseguiu acordo na base salarial.

Vale ressaltar que a primeira oferta do Coritiba para ter Alef Manga foi sem a necessidade de pagar pelo empréstimo, mas o Volta Redonda, tal como fez com outros clubes, recusou e exigiu receber 500 mil reais, o que o Coxa topou horas depois.

Então, o Coritiba logo trocou os documentos e acertou a chegada de Alef Manga para 2022. Nas redes sociais, o Coxa informou: "Coritiba chegou a um acordo com o atacante Alef Manga para a temporada 2022. Jogador chega em breve ao Couto Pereira para exames médicos e os processos de registro junto à CBF."

O Volta Redonda também informou nas redes sociais: A diretoria do Volta Redonda acertou a renovação de contrato com o atacante Alef Manga até 2023. O atleta será emprestado ao Coritiba até o final de 2022 por R$ 500 mil, com metade do valor sendo destinado ao Esquadrão de Aço. Na negociação, 50% dos direitos econômicos do atleta ficaram fixados em R$ 2 milhões."

Foto: Divulgação

Fonte: Coluna Venê Casagrande - O Dia
  • Quarta-feira, 26/01/2022 às 19h00
    Vasco Vasco 4
    Volta Redonda Volta Redonda 2
    Taça Guanabara Raulino de Oliveira
  • Sábado, 29/01/2022 às 21h00
    Vasco Vasco
    Boavista Boavista
    Taça Guanabara São Januário
  • Quarta-feira, 02/02/2022 às 21h35
    Vasco Vasco
    Nova Iguaçu Nova Iguaçu
    Taça Guanabara São Januário
  • Domingo, 06/02/2022 às 15h30
    Vasco Vasco
    Madureira Madureira
    Taça Guanabara Conselheiro Galvão
  • (09/02 - Qua) ou (10/02 - Qui)
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Taça Guanabara São Januário
  • (12/02 - Sáb) ou (13/02 - Dom)
    Vasco Vasco
    Botafogo Botafogo
    Taça Guanabara Maracanã