Futebol

Ricardo Sá Pinto pode mudar esquema tático do Vasco

7

A temporada do Vasco, independentemente do técnico e do momento do time, tem duas questões corriqueiras: a baixa produção ofensiva e o rendimento insuficiente de Talles. Em pouco tempo de clube, Ricardo Sá Pinto as identificou e estuda como mudá-las. O técnico português começou a avaliar uma mudança de esquema e ações para potencializar a promessa da base, a quem definiu como "diamante".

Sá Pinto concedeu entrevista ao Canal 11, de Portugal. O comandante vascaíno, ao ser perguntado sobre a possibilidade de escalar Talles mais centralizado, abordou os dois temas.

- O Talles tem como preferência inicial jogar do lado esquerdo. Eu tive a preocupação, obviamente, de querer saber a preferência dele e dos outros jogadores. Mas eu concordo que é na frente que ele realmente é um talento, um diamante a ser lapidado. Tem uma qualidade técnica excepcional, mas ainda não pensa o jogo, não interpreta o jogo como queremos. Portanto, ainda não consegue desequilibrar no último terço como poderia com o talento que tem. Temos de ajudá-lo a tornar-se um jogador desequilibrador. Por ora, ele tem a bola, dribla um ou outro e faz uma assistência ou outra. Com a qualidade dele, tem de fazer mais e fazer mais gols. É o que queremos. Para isso, tenho de fazer algumas ações para que ele tenha mais liberdade no último terço - disse o técnico.

Foto: Vasco TVElenco
Elenco

Com Abel Braga e Ramon Menezes, Talles atuou por todo 2020 como atacante de lado, pela esquerda - a equipe era formada basicamente no 4-3-3. Em dois jogos de comando do interino Alexandre Grasseli, o posicionamento dele mudou. Foi adiantado para ser segundo atacante, ao lado de Cano, no tradicional 4-4-2. Em todas as situações, apresentou um futebol abaixo do que pode. Mesmo assim, lidera o time em assistências (cinco) e marcou dois gols.

Sá Pinto comandou o Vasco em apenas um jogo. Sem poder escalar Benítez e Cano, com problemas musculares, optou por Marcos Junior e Vinícius, inicialmente em um 4-3-3. No segundo tempo da derrota para o Corinthians, o time melhorou, e Talles, mais centralizado, deu passe para gol de Ribamar.

Encontrar a melhor maneira de fazer o time jogar é um desafio a Sá Pinto. Ao dizer que talvez tenha de mudar a organização tática (sem dizer qual pensa implantar), o português afirmou que atualmente o esquema não potencializa as qualidades individuais:

- O que ocorre é que o time tem muitos jogadores novos e não há um equilíbrio neste plantel. Os melhores e mais experientes jogadores não estão sendo potencializados neste sistema, e acho que provavelmente podemos passar para outro, assim acredito que posso aproveitar melhor a qualidade de todos. Para isso, é preciso de tempo, não posso mudar tudo em apenas três dias. Agora está identificado claramente onde cada um rende mais. Eles estão habituados a jogar nesse esquema, mas há um desconforto. Não há hoje uma harmonia e um equilíbrio entre o atual sistema tático e a qualidade dos jogadores. É um desafio que tenho pela frente.

O Vasco não atua neste final de semana pelo Brasileirão. Após os jogos de sábado, caiu para a 17ª posição, com 18 pontos, ou seja, na zona do rebaixamento. A equipe tem duas partidas a menos. Na quarta, recebe o Caracas, da Venezuela, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana.

Fonte: ge
  • Domingo, 22/11/2020 às 16h00
    VascoVasco 1
    São PauloSão Paulo 1
    Campeonato Brasileiro Morumbi
  • Quinta-feira, 26/11/2020 às 21h30
    VascoVasco
    Defensa y JusticiaDefensa y Justicia
    Copa Sul-Americana Estádio Norberto "Tito" Tomaghello
  • Segunda-feira, 30/11/2020 às 18h00
    VascoVasco
    CearáCeará
    Campeonato Brasileiro São Januário
  • Quinta-feira, 03/12/2020 às 21h30
    VascoVasco
    Defensa y JusticiaDefensa y Justicia
    Copa Sul-Americana São Januário
  • Domingo, 06/12/2020 às 16h00
    VascoVasco
    GrêmioGrêmio
    Campeonato Brasileiro Arena do Grêmio
  • Segunda-feira, 14/12/2020 às 20h00
    VascoVasco
    FluminenseFluminense
    Campeonato Brasileiro São Januário