Rildo não corresponde e tem baixo aproveitamento de jogos disputados

16/11/2018 às 08h10 - FUTEBOL

A esperança da torcida do Vasco em relação a Rildo é sempre grande, mas definitivamente não será em 2018 que ela verá o atacante corresponder à altura. Fora da partida contra o Corinthians por causa de uma lesão muscular, ele trata para ainda jogar na atual temporada, a quatro jogos do fim. Caso não consiga voltar a tempo, atingirá uma marca para se esquecer: terá atuado em apenas 31% dos jogos do time no ano.

Um dos últimos legados deixados pela gestão Eurico Miranda, ele foi anunciado no dia 21 de dezembro do ano passado. De lá para cá, esteve em campo em apenas 21 partidas. Por causa dos problemas de lesão, demorou para entrar em forma e foi titular apenas 11 vezes. Até o fim do ano, o Vasco fará 67 jogos.

A lesão muscular que o tirou de campo ainda no primeiro tempo da partida contra o Atlético-PR interrompeu uma sequência de jogos que estava nos planos do técnico Alberto Valentim para o Vasco permanecer na Primeira Divisão. Antes, o Vasco ficou sem o jogador por causa de duas luxações no ombro esquerdo em um intervalo de 45 dias.

Ele foi contratado já com histórico de problemas no local. Pelo Corinthians, em 2015, ficou dois meses sem atuar por causa do ombro esquerdo. Antes de ser operado no Vasco, ele já havia passado por uma cirurgia no local e ainda sofreu com infecção.

Em relação à lesão muscular, o departamento médico do Vasco tem cautela e evita prever uma data para o retorno do atacante. A lesão não chega a surpreender - é comum jogadores terem problemas musculares quando voltam a atuar depois de logo tempo parado. A evolução diária dará uma ideia melhor para o técnico Alberto Valentim. Na ausência de Rildo, Marrony deve ganhar uma nova chance entre os titulares na partida de sábado, contra o Corinthians, no Itaquerão.

Foto: Site Oficial do Vasco Rildo
Rildo

Fonte: GloboEsporte.com

Especulação

Especulado

Você aprova a contratação de Alex Santana?

Especulações Mercado