Romário desencalha camisa número 19

08/01/2006 às 13h38 - FUTEBOL

O alto número de jogos de Romário em 2005 causou um certo problema de logística na confecção das camisas do Vasco. A de número 11 está imortalizada em São Januário e só o Baixinho pode vesti-la. Quando não joga, seu substituto joga com a 19. Como o atacante atuou mais do que o previsto no ano passado, muitas camisas confeccionadas com o número ficaram encalhadas. Sobrou para os novos contratados usá-las em suas apresentações.

O meia Ramon, por exemplo, foi contratado, teoricamente, para vestir a 10. Sexta-feira, em sua primeira aparição oficial pelo clube, ganhou a 19 de presente. O mesmo ocorreu com o Léo Inácio, Fábio Baiano, Ernane, Andrade, Bebeto, Jorge Luís e Alberoni. Culpa da assiduidade surpreendente do Baixinho, que atuou em 45 jogos na temporada passada.

Fonte: JB Online