Romário marca em amistoso

30/01/2006 às 22h10 - FUTEBOL

Mesmo sem consentimento de Romário, o presidente do Vasco, Eurico Miranda disse que o levantamento que vale é o que até ontem marcava 950 gols do atacante. O dirigente já prepara uma festa para o milésimo gol, que, segundo ele, sairá este ano. \"O que vale é nossa contagem. Querem jogar para baixo?! Vamos fazer quantos amistosos forem necessários para coroar o maior goleador de todos os tempos. Nem o Pelé na área foi como ele\", bradou Eurico.

Em São Januário, ao mesmo tempo em que deu mais um passo na sua caminhada, Romário pisou na lama. Em amistoso contra o Sagrada Esperança, campeão angolano de 2005, o Baixinho fez um gol - atingiu 951 -, mas perdeu um pênalti, que cobrou com leve toque, no meio do gol.

O goleiro, com o sugestivo nome de Lama, defendeu e tirou onda. \"Sei como o Romário cobra. Acho que ele chegará aos mil gols, mas, caso fossem muitos jogos contra mim, ficaria mais difícil\", esnobou o angolano. Rafael (2) e Ramom fizeram os outros gols.

Romário levou na esportiva. \"Parabéns para o goleiro. Vamos ver se nos próximos consigo fazer outros gols\", brincou o atacante, que comentou a situação de Alex Dias. \"É uma coisa chata, pois ele é importante para o grupo. É um grande parceiro. Mas sem ele temos que pensar em ganhar. Espero que isso não atrapalhe dentro de campo\".

O Baixinho acredita na classificação para a semifinal. \"Ano passado, estávamos em situação complicada e conseguimos\".

Fonte: O Dia