Romário vive aventura nos Estados Unidos

30/06/2006 às 08h21 - FUTEBOL

No melhor estilo aventureiro, Romário segue sua caminhada nos Estados Unidos. Como o calendário da USL (United Soccer Leagues) prevê autênticas excursões ao redor da América, com escalas no Canadá e até Porto Rico, o Baixinho se vê obrigado a suportar longas e sucessivas viagens. O desafio da vez será o de encarar cerca de 20 horas de vôo, em apenas uma semana.

A primeira parada do craque aconteceu na última quarta-feira, em Dallas, no Texas, onde o Miami FC foi eliminado da US Open Cup, espécie de Copa do Brasil americana, pelos amadores do desconhecido Dallas Roma. Dois dias depois, a delegação seguiu para o estado de Washington, local da partida deste sábado, contra o Seattle Sounders, às 23h (de Brasília).

Partindo da Flórida, costa leste dos Estados Unidos, passando pelo Texas e, finalmente, chegando em Washington, localizado a oeste do país, Romário e seus companheiros enfrentaram cerca de nove horas de vôo. De lá, o grupo do Miami terá mais duas horas de ônibus pela frente, já que, neste domingo, o compromisso pela USL será diante do Portland Timbers, equipe representante do estado de Oregon.

O gerente geral do Miami, Luiz Muzzi, afirmou que o calendário apertado foi acertado bem antes de iniciar a competição e que, portanto, não há espaço para lamentações.

- Todos os jogadores sabiam dessa sequência de jogos, no momento em que foram contratados. Infelizmente, essa é a realidade do campeonato e temos de enfrentá-la - declarou o dirigente.

O martírio só chegará ao fim nesta segunda-feira, quando está prevista a chegada do Miami ao Tropical Park Stadium, após passar por mais oito horas sobrevoando o céu da América. E não haverá tempo para descanso, pois no dia seguinte, feriado da independência americana, a equipe receberá o Charleston Battery, da Carolina do Sul.

Fonte: Lancenet!