Saiba mais sobre o caso Vasco x Cambuci/Penalty

03/02/2006 às 19h25 - CLUBE

Em agosto de 2005, às vésperas do aniversário de 107 anos do clube, a Juíza da 5ª Vara Cível do Rio de Janeiro, Mônica de Freitas Lima Quindere, decidiu que o Vasco deveria pagar R$ 6 milhões à empresa Cambuci S/A., empresa do segmento têxtil e de vestuário, que é proprietária da marca Penalty, decisão da qual cabia recurso.

O processo começou em 1995, quando o clube rompeu o contrato de fornecimento de material esportivo com a empresa, para assinar com a italiana Kappa. Com a atualização de valores, a sentença pode chegar a R$ 15 milhões, o que tornaria a empresa a terceira maior credora do clube, logo atrás da Rede Globo e do atacante Romário, segundo cálculos feitos pelo Movimento Unido Vascaíno (MUV), grupo de oposição à atual diretoria do Vasco.

Fonte: SUPERVASCO.COM