Saiba quais as maiores torcidas do Brasil, nas últimas pesquisas oficiais

01/05/2007 às 13h37 - IMPRENSA

Ao longo das últimas décadas foram feitas algumas pesquisas sobre quais seriam as maiores torcidas do Brasil.

Acompanhe o resultado, que por muitas vezes foi alvo de crítica:

1983 - Instituto Gallup e Revista Placar (17/Jun/1983)
(homens e mulheres foram entrevistados; seguiram múltiplas respostas)
1º Flamengo (RJ) 31,9 %
2º Corinthians (SP) 17,5 %
3º Palmeiras (SP) 9,3 %
Vasco (RJ) 9,3 %
5º Santos (SP) 7,2 %
Atlético (MG) 7,2 %
7º São Paulo (SP) 6,2 %
8º Botafogo (RJ) 5,1 %
Cruzeiro (MG) 5,1 %
Bahia (BA) 5,1 %
Grêmio (RS) 5,1 %
12º Fluminense (RJ) 4,1%
Internacional (RS) 4,1 %
14º Náutico (PE) 2 %
Sport (PE) 2 %
- nenhum 3 %

1993 - IBOPE e Revista Placar (Out/1993)
(somente homens foram entrevistas nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Salvador, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife e Belo Horizonte)
1º Flamengo (RJ) 16,5 %
2º Corinthians (SP) 13,6 %
3º São Paulo (SP) 7,2 %
4º Vasco (RJ) 6,2 %
5º Fluminense (RJ) 4,6 %
6º Palmeiras (SP) 4,3 %
7º Botafogo (RJ) 3,4 %
8º Atlético (MG) 3,3 %
9º Cruzeiro (MG) 3,2 %
10º Santos (SP) 3,1 %
Internacional (RS) 3,1 %
12º Grêmio (RS) 2,6 %
13º Bahia (BA) 2,5 %
14º Sport (PE) 2,2 %
16º Santa Cruz (PE) 2,0 %
- nenhum 11,4 %


1993 - DataFolha e Jornal Folha de São Paulo (26/Dez/1993)
(homens e mulheres foram entrevistados em 122 cidades de todos os estados, exceto Roraima e Amapá)
1º Flamengo (RJ) 17 %
2º Corinthians (SP) 10 %
3º São Paulo (SP) 7 %
4º Palmeiras (SP) 5 %
5º Vasco (RJ) 4 %
6º Cruzeiro (MG) 3 %
Internacional (RS) 3 %
Grêmio (RS) 3 %
Santos (SP) 3 %
10º Atlético (MG) 2 %
Botafogo (RJ) 2 %
Fluminense (RJ) 2 %
Seleção Brasileira 2 %
14º Bahia (BA) 1 %
Ceará (CE) 1 %
Paysandu (PA) 1 %
Santa Cruz (PE) 1 %
Sport (PE) 1 %
- nenhum 27 %


1998 - IBOPE e Jornal Lance! (06/Out/1998)
(homens e mulheres foram entrevistados)
1º Flamengo (RJ) 15,5 %
2º Corinthians (SP) 10,8 %
3º São Paulo (SP) 6,3 %
4º Palmeiras (SP) 5,5 %
5º Vasco (RJ) 4,8 %
6º Grêmio (RS) 3,8 %
7º Internacional (RS) 3,1 %
8º Cruzeiro (MG) 2,9 %
Santos (SP) 2,9 %
10º Botafogo (RJ) 2,0 %
11º Atlético (MG) 1,7 %
12º Fluminense (RJ) 1,6 %
13º Sport (PE) 1,2 %
14º Bahia (BA) 0,9 %
15º Vitória (BA) 0,6 %
16º Santa Cruz (PE) 0,5 %
17º Atlético (PR) 0,4 %
- nenhum 28,4 %


2000 - DataFolha e Jornal Folha de São Paulo (09/Jul/2000)
(homens e mulheres foram entrevistados em 296 cidades de todos os estados)
1º Flamengo (RJ) 19 %
2º Corinthians (SP) 12 %
3º Palmeiras (SP) 8 %
4º São Paulo (SP) 7 %
5º Vasco (RJ) 5 %
6º Grêmio (RS) 3 %
Seleção Brasileira 3 %
Santos (SP) 3 %
Cruzeiro (MG) 3 %
10º Internacional (RS) 2 %
Atlético (MG) 2 %
12º Botafogo (RJ) 1 %
Bahia (BA) 1 %
Fluminense (RJ) 1 %
Vitória (BA) 1 %
Sport (PE) 1 %
Santa Cruz (PE) 1 %
- nenhum 23 %


2001 - IBOPE e Jornal Lance! (06/Abr/2001)
(homens e mulheres foram entrevistados nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo)
1º Flamengo (RJ) 16,3 %
2º Corinthians (SP) 11,1 %
3º São Paulo (SP) 5,9 %
4º Palmeiras (SP) 5,8 %
5º Vasco (RJ) 5,5 %
6º Cruzeiro (MG) 3,4 %
7º Grêmio (RS) 3,3 %
8º Santos (SP) 3,0 %
9º Internacional (RS) 2,7 %
10º Atlético (MG) 1,8 %
11º Botafogo (RJ) 1,7 %
12º Fluminense (RJ) 1,2 %
13º Bahia (BA) 1,1 %
Sport (PE) 1,1 %
15º Vitória (BA) 0,7 %
16º Santa Cruz (PE) 0,6 %
17º Coritiba (PR) 0,4 %
18º Fortaleza (CE) 0,3 %
- nenhum 25,0 %


2001 - DataFolha (25 a 28/Jun/2001)
(homens e mulheres foram entrevistados em todo o território brasileiro)
1º Flamengo (RJ) 18 %
2º Corinthians (SP) 14 %
3º São Paulo (SP) 7 %
Palmeiras (SP) 7 %
Vasco (RJ) 7 %
6º Grêmio (RS) 4 %
7º Cruzeiro (MG) 3 %
8º Santos (SP) 2 %
Internacional (RS) 2 %
Atlético (MG) 2 %
Botafogo (RJ) 2 %
12º Seleção Brasileira 1 %
Bahia (BA) 1 %
Fluminense (RJ) 1 %
Sport (PE) 1 %
Santa Cruz (PE) 1 %
- nenhum 25 %


2002 - DataFolha (07/Jun/2002)
(homens e mulheres foram entrevistados em 171 cidades de todos os estados)
1º Flamengo (RJ) 17 %
2º Corinthians (SP) 13 %
3º Palmeiras (SP) 8 %
4º São Paulo (SP) 7 %
5º Vasco (RJ) 5 %
6º Grêmio (RS) 4 %
7º Cruzeiro (MG) 3 %
8º Santos (SP) 2 %
Internacional (RS) 2 %
Atlético (MG) 2 %
Botafogo (RJ) 2 %
Fluminense (RJ) 2 %
13º Bahia (BA) 1 %
- nenhum 23 %


2002 - DataFolha e Revista Placar (Aug/2002)
(homens e mulheres foram entrevistados em todo o território brasileiro)
1º Flamengo (RJ) 20,9 %
2º Corinthians (SP) 16,4 %
3º São Paulo (SP) 8,9 %
Palmeiras (SP) 8,9 %
5º Vasco (RJ) 8,4 %
6º Cruzeiro (MG) 5,3 %
7º Grêmio (RS) 4,3 %
8º Santos (SP) 3,5 %
9º Internacional (RS) 3,4 %
10º Fluminense (RJ) 3,1 %
11º Atlético (MG) 2,7 %
12º Botafogo (RJ) 2,3 %
13º Bahia (BA) 1,6 %
14º Vitória (BA) 1,0 %
15º Atlético (PR) 0,3 %
Paraná (PR) 0,3 %
16º Coritiba (PR) 0,2 %
Portuguesa (SP) 0,2 %


2003 - DataFolha (09-11/Dez/2002)
(homens e mulheres foram entrevistados em 365 cidades de todos os estados)
1º Flamengo (RJ) 16 %
2º Corinthians (SP) 13 %
3º Palmeiras (SP) 7 %
São Paulo (SP) 7 %
5º Vasco (RJ) 5 %
6º Grêmio (RS) 4 %
7º Cruzeiro (MG) 3 %
Santos (SP) 3 %
9º Atlético (MG) 2 %
Internacional (RS) 2 %
11º Botafogo (RJ) 1 %
Fluminense (RJ) 1 %
Bahia (BA) 1 %
- nenhum 26 %


2004 - IBOPE e Rede Globo (05/Jan/2004)
(homens e mulheres foram entrevistados em 365 cidades de todos os estados)
1º Flamengo (RJ) 15 %
2º Corinthians (SP) 11 %
3º São Paulo (SP) 7 %
4º Palmeiras (SP) 6 %
5º Vasco (RJ) 5 %
6º Grêmio (RS) 4 %
Cruzeiro (MG) 4 %
8º Atlético (MG) 3 %
Santos (SP) 3 %
10º Fluminense (RJ) 2 %
Internacional (RS) 2 %
Botafogo (RJ) 2 %
13º Bahia (BA) 1 %
Coritiba (PR) 1 %
Paysandu (PA) 1 %
Remo (PA) 1 %
Santa Cruz (PE) 1 %
Sport (PE) 1 %
Vitória (BA) 1 %
- nenhum 26 %


2004 - IBOPE e Jornal Lance! (04/Out/2004)
(homens e mulheres foram entrevistados em todo o território brasileiro)
1º Flamengo (RJ) 18,1 %
2º Corinthians (SP) 13,2 %
3º São Paulo (SP) 7,3 %
4º Palmeiras (SP) 6,5 %
5º Vasco (RJ) 5,5 %
6º Cruzeiro (MG) 3,7 %
7º Grêmio (RS) 3,5 %
8º Santos (SP) 2,7 %
9º Internacional (RS) 2,6 %
10º Atlético (MG) 2,0 %
11º Botafogo (RJ) 1,5 %
12º Fluminense (RJ) 1,2 %
13º Bahia (BA) 1,1 %
14º Vitória (BA) 1,0 %
Sport (PE) 1,0 %
16º Remo (PA) 0,7 %
17º Paysandu (PA) 0,6 %
18º Atlético (PR) 0,5 %
Santa Cruz (PE) 0,5 %
20º Seleção Brasileira 0,4 %
21º Coritiba (PR) 0,3 %
22º Juventude (RS) 0,2 %
23º América (MG) 0,1 %

2006 - DataFolha (23-24/Mai/2006)
(homens e mulheres foram entrevistados)
1º Flamengo (RJ) 15 %
2º Corinthians (SP) 13 %
3º São Paulo (SP) 8 %
4º Palmeiras (SP) 7 %
5º Vasco (RJ) 4 %
Grêmio (RS) 4 %
7º Santos (SP) 3 %
Cruzeiro (MG) 3 %
Internacional (RS) 3 %
Seleção Brasileira 0 %
11º Atlético (MG) 2 %
12º Fluminense (RJ) 1 %
Botafogo (RJ) 1 %
Bahia (BA) 1 %
Sport (PE) 1 %
- nenhum 26 %


2006 - Instituto Ipsos Marplan (Out/2006)
(homens e mulheres foram entrevistados nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo)
1º Corinthians (SP) 15 %
2º Flamengo (RJ) 13 %
3º São Paulo (SP) 10 %
4º Palmeiras (SP) 5 %
Vasco (RJ) 5 %
6º Grêmio (RS) 4 %
Cruzeiro (MG) 4 %
8º Internacional (RS) 3 %
Fluminense (RJ) 3 %
Atlético (MG) 3 %
Santos (SP) 3 %
12º Botafogo (RJ) 2 %
Sport (PE) 2 %
Bahia (BA) 2 %
15º Fortaleza (CE) 1 %
Ceará (CE) 1 %
Atlético (PR) 1 %
Santa Cruz (PE) 1 %
Seleção Brasileira 1 %
Vitória (BA) 1 %
Coritiba (PR) 1 %
- nenhum 18 %

PS: Uma pesquisa da USP no final de 2003, apontou o Vasco como a 3ª maior torcida. Segundo os dados, o Flamengo teria 23 milhões de torcedores, o Corinthians, 19,5ilhões e o Vasco, 16 milhões.

Fonte: SUPERVASCO.COM