Clube

Saída de Lucão esquenta política do Vasco e oposição quer acesso ao contrato

A saída de Lucão para o Bragantino sem compensação financeira inflou parte da torcida nas redes sociais e também reaqueceu o debate político sobre a condução do futebol na gestão de Jorge Salgado. Parte da oposição com maior representação no Conselho Deliberativo, a Sempre Vasco planeja entrar nos próximos dias com pedido no Conselho Fiscal para ter acesso ao acordo de rescisão do goleiro. Mais: vai solicitar nova convocação para que o presidente vascaínos dê explicações sobre os rumos do futebol do clube.

Na negociação, Lucão abriu mão da dívida que tinha a receber e foi sem custos para o Bragantino, com contrato de cinco anos. O Vasco manterá 50% dos direitos econômicos e terá a opção de vender 20% nos próximos dois anos, de acordo com gerente Carlos Brazil.

Apesar de ter terminado o ano em baixa, Lucão era visto como um ativo do clube por ser um goleiro novo, de 20 anos, com passagens pelas seleções de base e campeão olímpico com a seleção brasileira, no ano passado, em Tóquio. A negociação irritou Julio Brant, candidato nas últimas eleições e uma das lideranças da Sempre Vasco. Ele disse que cobrará explicações de Jorge Salgado.

- A indignação é de todos vascaínos. Não é um ato político. É lamentável e entristecedor ver a maneira como estão tratando o Vasco. Vamos formalizar o pedido na secretaria para ter acesso ao contrato no Conselho Fiscal. E vamos pedir a convocação do Salgado para esclarecer especificamente essa negociação do Lucão. O cara quer sair? Está bom. Mas tem que se negociar da melhor forma para o clube - disse Brant, que ainda questionou as justificativas apresentadas pelo gerente de futebol Carlos Brazil em coletiva de imprensa:

- O Brazil falou que todos no clube entenderam que foi um bom negócio. Bom negócio para quem? Como o clube abre mão de um atleta como o Lucão, com histórico de seleção de base? E pior: ele falou que vai colocar em um clube de Série A. Isso coloca o Vasco em situação de desprezo. O Vasco não é um clube de Série B. É um clube de Série A que está na Série B. Essa postura é errada e recorrente. Você não pode comparar a dimensão do Vasco com a do Bragantino. Como podemos admitir que o Bragantino venda um jogador melhor do que o Vasco? Com todo respeito, fora do Brasil ninguém sabe quem é o Bragantino. O Vasco tem um histórico sólido e internacionalmente conhecido pela formação dos jogadores. É inconcebível e lamentável partindo de um diretor de futebol do Vasco.

Salgado será convocado para esclarecer momento do futebol

Essa não é a primeira vez que a Sempre Vasco, que tem 30 cadeiras no Conselho Deliberativo, tenta convocar Jorge Salgado para esclarecer a situação do futebol do Vasco. No início de dezembro, o grupo reuniu 65 assinaturas de conselheiros e beneméritos para que o presidente fosse convocado para explicar o fracasso do time na Série B. Conforme o artigo 76 do estatuto do clube, o mínimo necessário para convocar uma reunião extraordinária do Conselho Deliberativo é de 60 assinaturas. Até hoje Salgado não foi convocado e, durante reunião virtual nesta segunda, para aprovação do orçamento de 2022, disse desconhecer a petição - apesar de amplamente divulgada pela mídia - e se colocou à disposição dos conselheiros.

- Sempre me coloquei à disposição do Vasco e do Conselho a fim de prestar qualquer tipo de esclarecimento da minha gestão. Se vocês já colocaram que eu preciso ir ao Conselho, através de assinaturas colhidas, prestar esclarecimentos sobre o futebol, para mim não tem nenhum problema. Se vocês estão com essa pressa, posso até abrir um espaço na minha agenda para receber os 64 interessados fora de uma reunião do conselho. Não tenho nada a esconder. O resultado é aquele que vocês já conhecem. A gente não performou do ponto de vista de se classificar, apesar do trabalho que foi feito. E me causou espécie falarem que eu me recusei a dar informação. Eu nunca fui procurado por vocês para dar qualquer tipo de esclarecimento. Tomei conhecimento só agora dessa petição. Sempre estou à disposição - destacou Salgado.

Em contato com ge, o presidente do Conselho Deliberativo, Carlos Fonseca, afirmou que a convocação de Jorge Salgado será feita nessa semana:

- Ele vai ser convocado. Na minha pauta eu convocaria primeiro para as contas e depois o Salgado. Mas, já que é uma urgência da oposição, vou convocar o Salgado primeiro, ainda nesta semana.

A saída de Lucão também gerou manifestações de outros grupos políticos. Candidato à presidência do clube em 2020, Leven Siano postou em uma rede social que “nossos talentos estão sendo dados”, falou em “terra arrasada”, disse que o Vasco “está se apequenando” e pediu para que grupos da oposição se unam e tirem Jorge Salgado do poder - o então candidato não conseguiu eleger conselheiros e questionou o pleito na Justiça sem sucesso. Uma das principais críticas é em relação à saída de jogadores formados pelo clube, casos de Lucão, Ricardo Graça, Andrey, Caio Lopes, Lucas Santos, entre outros menos badalados. Apenas o zagueiro rendeu algum dinheiro ao Vasco.

 

Cerca de 1.400 assinaturas para convocação de AGE

Apoiadores de Leven Siano, alguns beneméritos e grande beneméritos do Conselho Deliberativo, e outros vascaínos começaram em novembro um movimento para recolher assinaturas de sócios para levar à votação a destituição de Jorge Salgado. Os motivos elencados para a convocação de uma Assembleia Geral Extraordinária, na qual o associado votaria, vão desde o mau desempenho do futebol a questões administrativas.

Até o momento, segundo um dos organizadores da campanha, Maurício Cardoso, do grupo Vasco Imortal, cerca de 1.400 assinaturas foram recolhidas. No sábado, o grupo estará novamente em São Januário em busca de novas assinaturas de sócios. Eles estimam que, entre fevereiro e março, terão o número suficiente para a convocação da AGE, que não deve contar com o apoio da Sempre Vasco.

Os defensores da convocação da AGE objetivam recolher de 2,5 mil a 3 mil assinaturas. Isso porque é necessária a adesão de pelo menos 20% de associados com direito a promovê-la, segundo o que determina o Código Civil nos artigos 59 (I) e 60. Caso o número seja alcançado, o presidente da Assembleia, Otto Carvalho, teria de convocá-la. Nesse caso, seria necessária a maioria dos votantes no dia para retirar Jorge Salgado do cargo.


 

Fonte: ge
  • Quinta-feira, 26/05/2022 às 19h00
    Vasco Vasco 2
    Brusque Brusque 0
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Quinta-feira, 02/06/2022 às 20h00
    Vasco Vasco
    Grêmio Grêmio
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Terça-feira, 07/06/2022 às 19h00
    Vasco Vasco
    Náutico Náutico
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio dos Aflitos
  • Domingo, 12/06/2022 às 16h00
    Vasco Vasco
    Cruzeiro Cruzeiro
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Sábado, 18/06/2022 às 16h00
    Vasco Vasco
    Londrina Londrina
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio do Café
  • Sexta-feira, 24/06/2022 às 19h00
    Vasco Vasco
    Operário Operário
    Campeonato Brasileiro - Série B São Januário
  • Quarta-feira, 29/06/2022 às 21h30
    Vasco Vasco
    Grêmio Novorizontino Grêmio Novorizontino
    Campeonato Brasileiro - Série B Estádio Jorge de Biasi