Sánchez Miño: Lateral-esquerdo que custa caro

25/07/2020 às 14h30 - MERCADO

Em busca de um lateral-esquerdo para reforçar o grupo, a diretoria do Vasco demonstrou interesse na contratação de Juan Sánchez Miño, hermano do Independiente, da Argentina, que tem uma passagem pelo Cruzeiro.

No entanto, a negociação não é considerada nada simples. Miño já deixou claro que deseja deixar o Rei de Copas — apelido do Independiente por causa dos seus 16 títulos internacionais reconhecidos pela Conmebol e pela Fifa —, mas o problema é que o clube quer negociá-lo em definitivo. O interesse do Gigante da Colina é por um empréstimo agora.

"Ninguém (do Vasco) falou conosco. Ele quer sair e o Independiente quer US$ 1,5 milhão (cerca de R$ 7,7 milhões)", declarou Jorge Damiani, diretor esportivo do Independiente.

O salário do atleta também é outro obstáculo para a contratação, como revelou um dos empresários de Sánchez Miño, o ex-jogador Gastón Fernández, ao canal Detetives Vascaínos.

"Falei com Andre (Mazzuco, diretor de futebol do Vasco), que me transmitiu o interesse, mas eles não têm dinheiro para as pretensões salariais que temos no momento", afirmou o agente.

Titular do Rojo, Sanchez Miño, de 30 anos, surgiu nas divisões de base do Boca Juniors e, após destacar-se, foi negociado com o Torino, da Itália. Ainda defendeu o Cruzeiro, no primeiro semestre de 2016, sem muito sucesso. Na mesma temporada, chegou ao Independiente, onde está até agora.

Fonte: O Dia