Sentença diz que Edmundo escolherá os sócios do Vasco que serão cobrados

16/02/2006 às 00h57 - POLÍTICA

Nesta quarta-feira, a briga entre Edmundo e o Vasco teve mais um capítulo. Segundo advogados do atacante, consta na sentença que Eurico e o vice de futebol, José Luiz Moreira, teriam os bens pessoais penhorados caso o clube não pudesse arcar com a dívida de R$ 8 milhões. E, caso o valor não chegue ao determinado na ação, os sócios serão os próximos.

Pela sentença, cabe a Edmundo escolher os sócios que serão cobrados a dívida caso os bens do clube, de Eurico e José Luiz Moreira não sejam suficientes. Mas, por recomendação de seus advogados, o atacante deverá cobrar primeiro dos diretores e conselheiros da situação, numa autêntica guerra política.

Fonte: O Dia