Sócio entra com liminar pedindo afastamento de Campello e outros dirigentes

22/09/2020 às 11h30 - POLÍTICA

A eleição do Vasco ganhou um novo capítulo, o qual o Esporte News Mundo teve acesso a detalhes. Na manhã desta terça-feira, um sócio do clube entrou no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) pedindo uma liminar para afastar Alexandre Campello do cargo de presidente do Cruz-Maltino, além de outros dirigentes.

O caso corre na 22ª Vara Cível do TJRJ e deve ter uma decisão sobre o pedido liminar até o fim desta terça-feira. Além do afastamento de Alexandre Campello, o sócio pediu em juízo que também sejam afastados dos cargos Roberto Monteiro, presidente do Conselho Deliberativo, Edmilson Valentim, presidente do Conselho Fiscal, e Silvio Godoi, presidente do Conselho de Beneméritos.

Como argumento para o afastamento dos dirigentes, o sócio pontua que seja “medida essencial para assegurar que as eleições sejam realizadas com segurança”. Foi dito ainda nos autos que eles “vêm causando embaraços na realização das eleições limpas, violando os direitos dos sócios e beneficiando sócios inadimplentes, cujo objetivo é criar direitos e modificar obrigações, a fim de satisfazer seus interesses pessoais”.

Por fim, o sócio também pede liminar para que ele seja incluído “na lista de sócios com direito a voto bem como deixem de excluí-lo, sob pena de multa diária”, “uma vez que não há motivos para a sua exclusão, razão pela qual, muito indignado, requer a tutela liminar para que os réus incluam o seu nome na lista de sócios elegíveis bem como a responsabilização dos responsáveis por infração ao estatuto e à lei”.

A reportagem do ENM não conseguiu contato com os envolvidos até o momento desta publicação.

Fonte: Esporte News Mundo