STJD deve aguardar até terça (23) para decidir sobre jogos do Carioca

22/06/2020 às 19h14 - FUTEBOL

O decreto de adiamento da rodada do Carioca do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, deu sobrevida à tentativa de acordo entre os clubes sobre a tabela da competição. A advogada Juliana Loss, mediadora apontada para tentar solução com os dirigentes, faz últimos contatos com os dirigentes na esperança de conseguir termo comum - o que tem sido difícil.

O adiamento deu "respiro" para nova conversa entre os clube e a medição, mas não houve entendimento sobre a data dos jogos do Botafogo e do Fluminense, que só aceitavam entrar em campo a partir do início de julho.
 

- Ainda não aconteceu acordo. Se não houver hipótese para esse entendimento, vou mandar termo ao presidente do STJD finalizando a mediação - comentou a mediadora Juliana Loss, que considera que todos já cederam um pouco nas conversas.

- Com o impacto do decreto de certo respiro e de alguma forma eles têm mais tempo para que eventualmente possam chegar em denominador comum. Todos querem a mesma coisa, então o ideal é um acordo independentemente da data.

Pelo decreto de Crivella, a rodada do último fim de semana passou para sexta e sábado. A determinação da Prefeitura do Rio de Janeiro fez com que Ferj adiasse todas as partidas do Campeonato Carioca.

A Ferj ainda não divulgou as novas datas para as partidas da Taça Rio. Neste domingo, a federação comunicou o seguinte: "Considerando que o Decreto Municipal do Rio de Janeiro nº 47.539 de 20 de junho de 2020, alterou parcialmente o Decreto Municipal do Rio de Janeiro nº 47.488 de 02 de junho de 2020, para determinar, em síntese, a suspensão das competições desportivas com portões fechados até o dia 25/06/2020".

Fonte: Globoesporte.com