TCU frustra planos políticos de Eurico no Vasco e na Câmara

05/05/2006 às 11h56 - CLUBE

A decisão do Tribunal de Contas da União determinando que a Gerência Regional de Patrimônio da União do Rio de Janeiro rescinda num período de 60 dias o contrato de cessão ao Vasco de um terreno de 485 mil metros quadrados em Duque de Caxias, onde está sendo construído o Centro de Treinamento do clube, representa um duro golpe político em Eurico Miranda.

A construção do CT é um dos principais trampolins políticos do presidente vascaíno. Ele pretendia apresentar parte das obras pouco antes das eleições a deputado federal, em outubro, e à presidência do Vasco, quase na mesma época.

Eurico chegou a espalhar alguns outdoors pela cidade, um deles afixado em frente a São Januário, destacando a construção do CT vascaíno em Duque de Caxias.

Fonte: O Dia