Política

Tensão política no Vasco associativo teria aumentado nos últimos dias

A tensão política no Vasco associativo aumentou nos últimos dias. Tudo porque o presidente eleito, Pedrinho, não conseguiu cumprir uma promessa feita na campanha que o levou ao cargo máximo do clube. Uma cadeira no Conselho Administrativo da SAF gerou o conflito.

Isso se desencadeou após o grupo político Sempre Vasco, que era encabeçado por Julio Brant, colocar Pedrinho como candidato, com o próprio Brant abrindo mão de concorrer às eleições. Só que para desistir, lhe foi prometida uma vaga no Conselho de Administração da SAF.

O problema todo, é que Pedrinho também prometeu a mesma vaga para Flávio Lopes, presidente da Comlurb e um de seus apoiadores. Como o associativo ainda é detentor de 30% do futebol - sendo 70% da 777 Partners - o conselho é composto por duas cadeiras do clube social, além de outras cinco dos norte-americanos.

As duas cadeiras do associativo no Conselho são do presidente eleito, Pedrinho, e de uma indicação sua. Daí toda a confusão em relação à nomeação.

O resultado da eleição se deu no dia 11 de Novembro e passaram três meses sem que um nome fosse indicado. Com isso, o Vasco ainda é representado no Conselho de Administração da SAF por Jorge Salgado, que já deixou o cargo.

A crise se amplia com a insatisfação dos membros do conselho deliberativo, que de fato têm direito de indicar o nome para essa cadeira e reclamam da negociação do novo presidente. O Conselho quer essa cadeira. Por enquanto, nenhuma solução é vista e as brigas internas começam a aumentar.

Fonte: Itatiaia
  • Sábado, 24/02/2024 às 17h30
    Vasco Vasco 2
    Volta Redonda Volta Redonda 1
    Campeonato Carioca Kleber Andrade
  • Terça-feira, 27/02/2024 às 21h30
    Vasco Vasco
    Marcílio Dias Marcílio Dias
    Copa do Brasil Dr. Hercílio Luz
  • Domingo, 03/03/2024 às 18h10
    Vasco Vasco
    Portuguesa Portuguesa
    Campeonato Carioca São Januário