Titulares do Vasco acumulam minutos e caem de rendimento; veja os números

23/05/2019 às 08h04 - CLUBE

O Vasco tem apenas uma competição para disputar no ano, mas a intensidade dos primeiros cinco meses cobrou seu preço no time. Com um início ruim de Campeonato Brasileiro, o elenco tem seus principais jogadores sobreutilizados num calendário reconhecidamente puxado. Este foi um dos motivos apontados pelo lateral Danilo Barcelos para explicar a queda de rendimento do time.
 

O GloboEsporte.com chegou os números. Dos seis jogadores com mais minutos acumulados no ano, dois estão ou estiveram lesionados recentemente: Fernando Miguel e Werley. Os outro quatro começaram como destaques do time na temporada, mas caíram de rendimento de forma perceptível: Lucas Mineiro, Cáceres, Marrony e Danilo Barcelos.

- Quando pegamos essa sequência ruim, foi depois de uma sequência de mais de nove jogos. Tivemos um curto espaço com muitos jogos e tivemos queda de produção. Mas isso acontece todo ano com clubes no Brasil. Posso citar o Cruzeiro, por exemplo. A gente tem que ter cabeça boa e tranquilidade para saber que jogamos num clube gigante e temos que dar a volta por cima – analisou Barcelos em entrevista coletiva na quarta-feira.
 

O problema se remonta ao Carioca: mesmo com a conquista invicta da Taça Guanabara, o time pouco rodou. Os principais nomes da equipe engataram uma sequência longa de partidas, mesmo com a possibilidade de descansar na Taça Rio. Agora, com o Brasileiro no início, exibem desgaste.

Danilo, por exemplo, atuou em 24 dos 29 jogos do ano (cerca de 82% das partidas). Lucas Mineiro, volante que tomou conta da posição no início da temporada, mas começa a ser questionado pela torcida, é o líder: esteve em 27 dos 29 duelos (93%). Marrony ainda é o artilheiro do time na temporada, com cinco gols, mas o último marcado foi no dia 2 de março.
 

Jogador          Minuto   Jogos

Lucas Mineiro   2404        27

Danilo Barcelos 2156       24

Werley              2137        24

Marrony            2130        26

Cáceres           2010        23

Fernando Miguel 2005    23

Yago Pikachu  1644        24

Castan             1472       18

Maxi López      1298       19
 

Comparação com outros times

Para explicar a queda de rendimento, Danilo usou o exemplo do Cruzeiro, equipe que começou muito bem o ano, mas teve resultados ruins recentemente. O time mineiro tem três jogadores com mais de 2 mil minutos disputados ano, contra seis do Vasco.

O Palmeiras, exemplo de clube que promove um rodízio mais intenso no elenco, não tem nenhum jogador com mais de 2 mil minutos na temporada. A diferença na montagem do plante, entretanto, é grande, especialmente do ponto de vista financeiro.


Como o Vasco trabalha para amenizar isso?

Com a chegada da nova comissão técnica, a aposta é por uma intertemporada forte na parada para a Copa América. O Vasco terá um mês de preparação até o retorno do Campeonato Brasileiro.

O trabalho será supervisionado pelo preparador físico Antônio Mello, que chegou com Vanderlei Luxemburgo. A diretoria também trabalha para trazer reforços para qualificar o elenco nesta retomada – a expectativa é de que pelo menos dois nomes cheguem da janela internacional.

Fonte: Globoesporte.com