Torcedor que recebeu parabéns dos jogadores foi diagnosticado com síndrome

05/04/2020 às 13h20 - TORCIDA

Conhecido como João Vascaíno, João Pedro Ferreira, de 13 anos, é um mascote do time de São Januário. Portador de uma doença rara, há anos é conhecido pelo amor pelo cruz-maltino, tanto por parte da torcida, quanto pelos jogadores.

No sábado, ele comemorou aniversário em casa, na Zona Oeste do Rio. Em meio aos cuidados com a pandemia do novo coronavírus, recebeu a presença de convidados ilustres em uma entrada ao vivo que fez no Instagram: nada menos que Andrey, Fellipe Bastos, Vinícius e Gabriel Pec.

João, quando nasceu, foi diagonisticado com a síndrome de pelizaeus merzbacher. Sua expectativa de vida era de dois anos. Apesar de seus pais serem torcedores do Flamengo, mostrou gosto pela cruz-de-malta desde pequeno.

Com várias idas a São Januário, foi adotado pela torcida e pelo clube, que já ajudaram o menino a seguir recebendo os cuidados necessários por causa da síndrome, sem cura.

Fonte: Extra Online