Treinador faz análise sobre o início do Vasco na Copinha

08/01/2020 às 17h27 - CATEGORIAS DE BASE

Após o empate em 1 a 1 contra o Jacuipense-BA, pela segunda rodada do grupo 19 da Copa São Paulo de Futebol, a equipe Sub-20 do Vasco fez um treino de recuperação na academia nesta quarta-feira (8/1). O técnico Alexandre Grasseli falou sobre os dois primeiros jogos dos Meninos da Colina na competição e ressaltou que o Gigante só necessita das próprias forças para garantir a classificação. O último confronto será na sexta-feira (10/1), diante do Itapirense, às 19h15. Em caso de vitória, o Cruzmaltino avança com a primeira colocação. Em caso de empate, avança em segundo.

- A ideia dessa primeira fase é classificar. Nós temos duas possibilidades: a primeira ou a segunda colocação. A primeira partida foi muito interessante, onde os gols apareceram, surgiram por competência, por trabalho dos jogadores dentro de campo. Eles concluiram muito bem as jogadas. Já na segunda partida, na minha análise, tivemos um excelente primeiro tempo e um segundo tempo com uma certa inconstância. Temos que estar preparados, tomar as decisões necessárias e seguir em frente. Dependemos só da gente, vamos enfrentar uma equipe já classificada, mas isso não muda nada na nossa entrega e determinação - disse o treinador.

O comandante vascaíno ganhará quatro reforços que estavam no Rio de Janeiro: o lateral-direito Saulo, o lateral-esquerdo Rodrigo Gaia e os meia-atacantes MT e Pedro. O confronto contra o Jacuipense-BA foi duro e o Cruzmaltino perdeu alguns jogadores por lesão. Por se tratar de um torneio curto, que tem a possibilidade de ter muitos jogos, a comissão técnica optou pela ida desses atletas já para a última rodada da fase de grupos.

- É uma competição muito intensa. São jogos muito diferentes um do outro. Nós tivemos uma certa facilidade criada pelos gols na primeira partida, na segunda partida já foi muito disputada e até certo ponto dura por conta do adversário, que nos custou duas baixas e algumas luzes de alerta em alguns jogadores. A gente acaba usando o elenco de forma geral e vamos receber mais quatro jogadores, que estão vindo do Rio pra cá, pra compor esse elenco e nos ajudar na sequência da competição - explicou Grasseli, antes de exaltar o trabalho de toda a delegação que viajou até Itapira:

- Existe uma comissão muito envolvida, grande, formada por psicológa, nutricionista, fisioterapeuta, fisiologista, assessor de imprensa, analistas de desempenho e procuramos envolver todos nesse trabalho diário. Trabalhamos nesses bastidores, preparando informações para os atletas, o aspecto nutricional, a questão psicológica. É todo um trabalho voltado para que o atleta possa desempenhar da melhor maneira possível o seu futebol e representar bem as cores do Vasco. 

Fonte: Site oficial do Vasco