Trio afastado pode servir como moeda de troca

10/01/2020 às 11h53 - FUTEBOL

O Vasco segue enxugando seu elenco e afastando jogadores considerados caros e que não renderam o esperado. Seguindo esta linha, o clube decidiu não contar com o meia Bruno César e os laterais direitos Rafael Galhardo e Cláudio Winck. A informação inicial foi dada pelo jornalista Fábio Azevedo e confirmada pelo UOL Esporte.

O trio iniciou a pré-temporada com o restante do elenco, mas em breve passará a treinar em horários alternativos até que consigam outro clube.

Bruno César foi uma das contratações mais badaladas de 2019, mas não rendeu o esperado e teve problemas para entrar em forma. Ele tem contrato até dezembro de 2020 com o Cruzmaltino.

Rafael Galhardo nunca caiu nas graças da torcida e acabou emprestado ano passado para o Grêmio. Seu contrato com o Vasco é até janeiro de 2021.

Já Cláudio Winck teve poucas oportunidades e, desde o ano passado, treinava em horários alternativos. Seu vínculo com o clube é até dezembro de 2020.

O trio também poderá servir como moeda de troca do Vasco no mercado da bola.

Fonte: UOL Esporte