Um olho no peixe e outro no gato

05/07/2006 às 06h25 - FUTEBOL

A 14 dias de enfrentar o maior rival, o Flamengo, nos jogos da final da Copa do Brasil, o Vasco procura também não se esquecer do Campeonato Brasileiro, que aliás, tem início antes da decisão do título nacional. \"Os jogadores sabem que terão jogos igualmente importantes antes da final da Copa do Brasil. Por isso, todos os dias procuramos trabalhar a questão técnica e tática\", afirmou o técnico Renato Gaúcho.

Segundo o treinador, o grupo inteiro está treinando forte, pois ninguém sabe quem vai entrar. \"Vou utilizar dois times diferentes para o jogo contra o Palmeiras e o Flamengo, pelo Brasileirão. A preparação está sendo igual para todos e os jogadores têm correspondido muito bem ao que passamos para eles\".

Outra preocupação do treinador para as próximas partidas são as jogadas de finalização e a estratégia defensiva, esquemas testados exaustivamente no treino de ontem, no campo do Vasco-Barra. \"Exigi muito esses pontos porque as oportunidades de gol podem aparecer nesses lances. É preciso que eles saibam o que fazer na hora\", explicou Renato. O atacante Valdiram concordou com Renato Gaúcho que o Vasco vive momentos decisivos. \"Estamos trabalhando forte para aproveitar as chances de fazer gol. O grupo está concentrado para fazer o melhor\", disse.

Comemoração - O técnico Renato completou um ano como técnico do Vasco e se mostrou satisfeito: \"Dou os parabéns à diretoria do clube, que acreditou em mim como treinador e que sempre me dá o apoio necessário. É importante manter um técnico e dar continuidade ao trabalho. Cheguei aqui com o time beirando a Segunda Divisão e hoje vamos disputar uma final de Copa do Brasil, um título ainda inédito para o Vasco\".

Fonte: Jornal dos Sports