Um sparring bem fraquinho

11/01/2006 às 04h08 - FUTEBOL

Se não serviu para Romário somar muitos gols à sua conta, o amistoso de ontem contra o Duque de Caxias tampouco foi útil como preparação do time do Vasco para o Campeonato Carioca.
Formado por jogadores que não tinham feito sequer um treino juntos, o Duque de Caxias não ofereceu resistência e foi goleado por 6 a 0, no Vasco-Barra. O único gol de Romário foi marcado após falha clamorosa do goleiro Léo.

Pouco exigido, o time do Vasco entregou-se ao ritmo lento do amistoso, e acabou construindo o placar sem se esforçar muito. Desfalcado do volante Ives, com uma forte conjuntivite, o Vasco abriu 2 a 0 no primeiro tempo, gols de Alex Dias, após passes de Wagner Diniz, e Romário, respectivamente.

O Vasco começou a segunda etapa sem conseguir criar jogadas.

Aos 15 minutos, o técnico Renato Gaúcho trocou todo o time titular, à exceção de Romário. Os jogadores que entraram aceleraram o ritmo.

Aos 26, saiu o gol do Baixinho. O goleiro Léo recebeu uma bola recuada e demorou a chutá-la para frente. Romário apertou a marcação, dividiu com o goleiro e a bola foi para as redes.

Aos 30, o zagueiro Jorge Luiz sofreu pênalti altamente duvidoso.

Surpreendentemente, Romário não quis cobrar. Abedi marcou o quarto gol. Dez minutos depois, o Baixinho ainda acertou uma bola na trave.

Aos 41, Ernane fez o gol mais bonito da tarde, em um chute de fora da área. Aos 48, Abedi fechou o placar.

O Vasco jogou com: Roberto (Cássio); Wagner Diniz (Claudemir), Fábio Braz (Bebeto), Éder (Jorge Luiz) e Diego (Thyago); Ygor (Osmar), Andrade (Alberoni), Fábio Baiano (Abedi) e Morais (Ernane); Alex Dias (William) e Romário.

Fonte: Lance