Valadares fala sobre reforços, Jorge Jesus, Brasileiro e desfalques

28/04/2019 às 19h17 - CLUBE

A estreia do Vasco no Campeonato Brasileiro não foi nada boa: o time foi goleado pelo Athletico-PR por 4 a 1 na Arena da Baixada, na tarde deste domingo, e termina a primeira rodada na zona de rebaixamento. Uma derrota justa, na opinião de Marcos Valadares. O técnico interino do Cruz-Maltino disse que o Furacão é um dos melhores times da competição, mas cobrou sua própria equipe por um desempenho melhor. 

- Realmente não foi aquilo que nós esperávamos, principalmente pelo que fizemos na quarta-feira (contra o Santos na Copa do Brasil). Temos que ressaltar também o Athletico-PR, uma equipe qualificada, que jogou pouco jogos, mas treinou muito. Nós nos doamos muito na quarta-feira e, claro, um jogo muito difícil. O Athletico mereceu a vitória, mas a gente pode fazer melhor. O grupo pode ter uma resposta melhor, então é levantar a cabeça porque a competição é longa. Pegamos uma das melhores equipes da competição, mas podemos reverter já na quarta. 

Confira outros trechos da coletiva: 

PRECISA DE REFORÇOS? 
- O campeonato é longo, então, no momento que for oportuno, a competição vai te mostrando o que você precisa. Os atletas são qualificados, são bons jogadores. A própria competição vai nos dizer se vamos precisar ou não. 

NEGOCIAÇÃO COM TÉCNICO JORGE JESUS 
- Eu sou profissional do clube, estou aqui para servir o clube. Tenho que fazer meu melhor sempre e desenvolver as coisas que acredito em termos de conceito. Na quarta-feira, organizamos a equipe de uma forma. A princípio, essa ideia já foi quebrada pelo gol do Atheltico cedo. Quando conseguimos equilibrar um pouco, o Athletico faz o 2 a 0 e joga água fria. Vou tentar desenvolver o melhor trabalho, e os diretores vão fazer o que for melhor para o clube. 

EXPECTATIVA NO BRASILEIRO 
- A competição está se iniciando, pegamos uma equipe que está bem treinada. Demos um grande exemplo na quarta-feira que temos uma boa equipe. Ainda é precoce para poder afirmar essa questão. Tem que ter um pouco mais de paciência. Mas o grupo tem bons jogadores, jogadores que podem dar uma melhor resposta. Mais para frente, o que acontecer, a gente vai reajustando. 

BRUNO CÉSAR 
- Na quarta-feira, nós colocamos uma equipe com uma ideia competitiva e, na função dele, se ele fizesse pelo lado, teria um pouco mais de dificuldade. Hoje, quando alteramos o sistema, colocamos ele mais perto do Ribamar. Ele entrou, teve um rendimento aceitável e bom. Ele ganha crédito para a sequência. Claro que a competição é muito longa, e vamos contar com todos os atletas que temos no grupo. 

DESFALQUES 
- São jogadores que têm bagagem e grande experiência. Realmente, fazem muita falta o Fernando e o Castan. São jogadores fundamentais. O Rossi também na frente, é um jogador que tem muita qualidade. O próprio Lucas vinha em uma sequência, mas não pôde estar hoje. 

PRÓXIMOS JOGOS EM SÃO JANUÁRIO 
- São dois jogos importantíssimos para a gente. Já contra o Atlético Mineiro, dentro de nossa casa, é jogar um grande futebol. Vamos colocar novas ideias, situações um pouco diferentes para que a gente dificulte a vida do Atlético-MG e consiga criar mais ofensivamente e consiga uma grande vitória. 

Fonte: Globoesporte.com