Valentim fala sobre Tiago Reis, vaias, chances perdidas e Carioca

23/03/2019 às 21h32 - CLUBE

Valentim: "A ideia era repetir a partida que fizemos contra o Resende. De criar chance de gol, jogar muito no campo do adversário. Começamos com chances no começo. No intervalo pedi para que os jogadores tivessem paciência de rodar bem a bola". #gevas

Valentim: "Nós fizemos uma grandíssima partida contra o Resende. O Tiago ajudou, foi importante. Por isso mantive a equipe. Do jeito que jogamos, finalizamos muitas vezes. Hoje era para que repetíssemos, mas não conseguimos, porque erramos muito tecnicamente". #gevas

Valentim, sobre vaias da torcida no fim: "Ninguém saiu satisfeito do estádio. A começar pelo nosso vestiário. O que a gente pede sempre é que não haja nenhum tipo de violência". #gevas

Valentim: "A gente cria muitas chances pelos lados. Nossos laterais criam muito. Difícil jogar quando uma equipe se fecha muito. Temos laterais muito ofensivos. A ideia era essa, rodar bem a bola e achar o momento certo". #gevas

Valentim: "Lição que temos que criar, não serve só para derrota, mas principalmente na vitória, é que precisamos continuar evoluindo, seja no individual ou no coletivo, para que lá na frente conquiste os objetivos que temos neste ano". #gevas

Valentim: "Em alguns campeonatos, quando se decide vagas ou rebaixamento, os jogos são no mesmo horário. Aqui infelizmente não foi assim. Mas isso não serve de desculpa para a nossa derrota". #gevas

Valentim: "Bom lembrar: a única equipe que já está na semifinal do Carioca é o Vasco". #gevas

Valentim: "A gente não está fora ainda. O que a gente queria era assegurar vaga na semifinal da Taça Rio. Caso não aconteça, não vai ter problema, nada de clima ruim. Claro que precisamos reforçar que temos que melhorar quando não se consegue classificação". #gevas

 

Fonte: Jornalista Felipe Schmidt - GE