Vascaíno ganha ação judicial contra o Athletico-PR e Mário Celso Petraglia

21/05/2020 às 10h27 - FUTEBOL

O torcedor do Vasco Reinaldo Faria ganhou, em primeira instância, uma ação judicial contra o Athletico-PR e Mário Celso Petraglia, então presidente do Furacão. O Cruzmaltino pode receber pouco mais de R$ 10 mil, em valores atualizados, em indenização por dano moral após a briga generalizada no jogo válido pela última rodada do Brasileirão 2013, em Joinville (SC). Clube e dirigente recorreram da sentença.

Reinaldo esteve na cidade catarinense para o duelo em dezembro daquele ano. Ele acionou a Justiça alegando "total desrespeito ao direito do torcedor, em especial o direito à segurança nos estádios, pela falta de condições mínimas para a prática desportiva naquela localidade" e afirmou ainda que "o confronto entre as torcidas gerou risco à sua integridade física, além de forte abalo emocional". A defesa do torcedor ficou a cargo atual candidato presidente do Vasco Luiz Roberto Leven Siano.

Fonte: UOL Esporte