Vasco depende de doações para inaugurar CT em julho

19/05/2020 às 08h05 - FUTEBOL

Uma camisa personalizada, uma conta bancária digital gratuita e/ou o prazer de ajudar o clube do coração. Três recompensas, três formas de contribuir para a construção do novo CT do Vasco. Na reta final da obra, o clube conta com a ajuda da torcida e patrocinadores para arrecadar os R$ 2,4 milhões faltantes e inaugurar o espaço em julho.

Na prestação de conta de abril, o Vasco informou ter iniciado a instalação dos canos da drenagem de dois campos de futebol. Além disso, o muro levantado cercou todo o terreno e a rua ganhos postes de iluminação.

  • O terreno tem 25 mil metros quadrados
  • Aterramento feito tem 2m de altura
  • Área construída de 1,4 mil metros quadrados

O resto de maio e os meses de junho e julho, porém, são desafiadores: reservam a previsão de construir os módulos habitacionais (destinados ao futebol profissional) e a plantação da grama (a decisão entre usar rolos ou sementes será tomada até 15 de junho). Falta ainda contratar o serviço de esquadria e coberturas das instalações externas. Para isso, o ritmo de doações não pode parar.

A pandemia do novo coronavírus provocou a paralisação do futebol no Brasil e tem gerado prejuízos econômicos em todo o mundo. O Vasco sabe que isso pode afetar o volume de contribuições, porém, confia na força da torcida. Um exemplo: em abril, o volume arrecadado cresceu 8% na comparação com março - já no período de crise provocado pela Covid-19.

Até o dia 30 de abril, o Vasco arrecadou R$ 5 milhões e 64 mil. O custo total desta primeira parte de construção do CT é estimado em R$ 7 milhões e 400 mil. Dinheiro arrecadado com torcedores e patrocinadores, com prestação de contas mensalmente.

Lançada no começo do mês passado, a camisa personalizada do CT ainda está disponível. Dos 2020 modelos fabricados, 716 foram reservados por vascaínos. O interessado deve doar R$ 500,98 - parte do valor será destinado ainda ao Hospital Universitário Pedro Ernesto, uma ajuda ao combate à pandemia.

A camisa do CT faz parte da terceira etapa de arrecadação. Além dela, o clube estimula a criação de contas bancárias virtuais no BMG, patrocinador e parceiro do time de São Januário. A cada 10 mil novas contas, o banco doa R$ 200 mil para o CT. Até a noite de segunda, faltavam pouco mais de 200 para a meta ser alcançada.

O vascaíno que tiver interesse poderá fazer contribuição online (clique aqui). Há possibilidade de valor livre ou fixo com alguma recompensas.

Fonte: GloboEsporte.com